Home > Notícias

Mozilla está desenvolvendo uma loja aplicativos para a web

A empresa também anunciou que a versão final do navegador Firefox para Android deve ser lançada em poucos meses.

IDG News Service

23/11/2010 às 9h08

Foto:

Junto com a divulgação seus resultados financeiros, que indicaram um crescimento de 34% em sua receita, a Mozilla também publicou recentemente um documento chamado "State of Mozilla", apresentando oficialmente os planos e os próximos investimentos da empresa.

Entre eles, segundo o relatório, está a versão final do navegador Firefox para o sistema Android, que será lançado "em poucos meses". 

E a confirmação de que a empresa está mesmo planejando lançar o que ela chama de "Open Web App ecosystem" - em tradução livre, Ecossistema Aberto de Aplicativos para Web. Em outras palavras, sua própria loja de apps.

Independencia do equipamento

"O atual modelo de gestão de aplicativos tem algumas características que ameaçam alguns dos princípios que tornaram a web uma plataforma tão vibrante, especialmente no segmento móvel", explicou a companhia.

"Os apps são muitas vezes específicos para apenas um dispositivo ou plataforma", completou a empresa, que ainda citou a dificuldade dos desenvolvedores de obter permissão para que as aplicações estejam disponíveis aos usuários finais. 

Como forma de sanar tais questões, a empresa desenvolveu um protótipo de sua loja, que foi apresentado no vídeo abaixo. 

 

HTML5, CSS e Javascript

Inspirando-se no sucesso da App Store, da Apple, e, é claro, com o conhecimento de que a Google já trabalhava em sua loja, a Chrome Web Store, a Mozilla anunciou que tinha planos semelhantes, em maio deste ano .

"É fundamental para a missão pública do Mozilla atender aos desenvolvedores em seus esforços de criar sites e aplicações que não estejam vinculadas a apenas um navegador, mas que sejam executadas de forma global", escreveu a empresa. 

Assim, uma loja de aplicativos aberta na Web deve "hospedar aplicações baseadas em HTML5, CSS, Javascript e outros padrões tão difundidos em navegadores modernos - para evitar eventuais problemas de interoperabilidade e portabilidade", explicou. 

Além disso, tal loja deve "respeitar a privacidade individual e não monitorar o comportamento do usuário além do estritamente necessário", como também ser aberta e acessível a todos os produtores de aplicativos e consumidores", comunicou a Mozilla.

Universo de apps

As lojas de aplicativos estão se tornando algo onipresente na Internet. Além da Apple, há também lojas da Research In Motion (RIM) para o telefone Blackberry e da Microsoft para Windows Phone 7, entre outros.

Poucos, porém, podem orgulhar-se do compromisso da Mozilla de trabalhar de forma uniforme com padrões como HTML, CSS e JavaScript. A loja da Google para o navegador Chrome, ao contrário do que tudo indica, terá terá todas as suas ofertas exclusivas para a sua própria plataforma. 

Uma loja útil para todas as plataformas é justamente o que precisamos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail