Home > Notícias

MPost, blog de Marta Suplicy, é inspirado em Huffington Post

Sexóloga promete cobertura generalizada e apartidária e foco 'livre' na cobertura de notícias.

Guilherme Felitti, do IDG Now!

15/10/2009 às 17h26

Foto:

A sexóloga e ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy lança na próxima segunda-feira (19/10) o MPost, site de conteúdo online inspirado no The Huffington Post, nascido como um blog pelas mãos da empresária Arianna Huffington em 2005.

"Aquilo é jornalismo que interessa na internet. Comecei a pesquisar para ver se havia iniciativa parecida no Brasil. Se não tem, então resolvi fazer", explica Marta em encontro com a imprensa na qual o IDG Now! esteve presente na tarde desta quinta-feira (15/10).

Construído na plataforma para redes sociais Ning, o MPost inicialmente terá foco livre para cobertura de notícias e misturará tanto referências a conteúdos alheios como colunas e blogs publicados por colaboradores - todos amigos seus, afirma Marta.

A publicação eletrônica terá um conselho, formado pelo diretor de programação da Rede Globo Antônio Zimmerle, pelo economista e ex-Ministro da Fazenda Antônio Palocci e pelo escritor Marcelo Carneiro da Cunha, além da própria Marta.

Além dos blogueiros e colunistas convidados, o MPost, segundo Marta, incentivará que leitores enviem conteúdos, como fotos, textos e vídeos, com comentários ou notícias acontecendo naquele momento. No caso do recente incêndio na favela Diogo Pires, em São Paulo, envolvidos na tragédia, como moradores ou policiais, poderiam enviar relatos para o site, segundo ela.

Ainda que tenha sido criado e custeado pela sexóloga, filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT) desde 1983, o MPost, defende ela, terá cobertura apartidária e pretende "abrir um diálogo permanente" com a sociedade e "acelerar a capacidade de multiplicação de notícias pluralistas".

"Vamos agregando colaboradores. Ainda está tudo em construção. Só não colocaremos o óbvio de sempre, como (conteúdo que incite) racismo, xingamentos e outros crimes", afirma. O site, no entanto, terá posicionamento. "Claro (que terá posição política). Todo jornal tem posição. Mas vamos abrigar pessoas que pensem diferente de mim".

Criado em maio de 2005 por parceria entre Arianna e os empresários Jonah Peretti e Kenneth Lerrer, o The Huffington Post passou de repositório de colunistas e agregador de blogs liberais para uma cobertura mais ampla que ultrapassava apenas política.

Nomes como Barack Obama, Norman Mailer, Hillary Clinton e Larry David já contribuíram para o portal, que começou a apostar em jornalismo regional no segundo semestre de 2008 com versões locais do portal para as cidades de Chicago, Nova York e Denver.

Segundo o CrunchBase, o The Huffington Post soma 37 milhões de dólares após três investimentos. De acordo com o ranking do buscador de blogs Technorati, o blog que leva o nome de Arianna é líder em popularidade online, com autoridade de 947. Segundo colocado, o Gizmodo, blog de gadgets do conglomerado Gawker, tem autoridade 895, segundo o serviço.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail