Home > Notícias

Mundo vai comprar menos computadores em 2009, mostra estudo

Segundo análises da iSuppli, vendas de PCs devem crescer 4,3% em 2009. Previsão anterior indicava crescimento de 11,9%.

ComputerWorld/EUA

21/11/2008 às 15h02

Foto:

A iSuppli, empresa que faz projeções e análises do mercado de tecnologia, afirmou que o mercado mundial de PCs vai desacelerar em 2009, como conseqüência da crise econômica global.

A empresa revisou para baixo sua projeção de crescimento e afirmou que as vendas globais de computadores vai crescer 4,3% no próximo ano. Anteriormente, a previsão era de crescimento de 11,9%. Para 2010, a previsão foi reajustada para crescimento de 7,1%.

A empresa disse, por meio de comunicado, que "o cenário da economia global mudou drasticamente desde que o último relatório foi publicado". Por outro lado, a empresa não prevê grandes quedas - apenas um crescimento menor em relação ao que era esperado.

Segundo a iSuppli, isso vai acontecer porque, no próximo ano, as pessoas e empresas vão estar mais preocupadas em pagar suas contas e o salário dos funcionários do que gastar dinheiro com computadores.

E, mesmo em meio à crise, alguns setores devem prosperar. É o caso dos netbooks (notebooks de baixo custo, pequenos, leves, mas com pouco poder de processamento). A estimativa é que a venda de laptops em 2009 deva crescer 15%, contra uma expansão de 5% no mercado de desktops.

As expectativa de vendas para o Brasil também foram revisadas para baixo. Nesta semana, a IDC disse que o aumento nas vendas de produtos de informática deve ser de 9%, contra os 14,4% previstos anteriormente.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail