Home > Notícias

MWC 2011: Intel promete chip para smartphones e diz que MeeGo continua

Empresa já distribui amostras do processador Medfield para desenvolvedores. Nova interface do MeeGo também foi mostrada

Renato Rodrigues, do IDG Now!*

14/02/2011 às 10h46

Foto:

A Intel anunciou nesta segunda uma séries de investimentos na área de mobilidade, incluindo o início da distribuição para desenvolvedores de processadores para smartphones baseados na nova plataforma Medfield, com tecnologia de 32nm (nanômetros). 

 
A plataforma Medfield incluirá uma versão de baixo consumo do Atom, que será integrada em um chip com nome de código (ainda não oficial) Penwell, de acordo com um documento postado no site da fabricante mas retirado do ar logo depois.

Em outro documento, divulgado em agosto do ano passado, a Intel deu pistas de que alguns de seus processadores Atom-Penwell irão rodar a velocidades de 1.8 GHz e 1.86GHz. Os atuais, feitos com a plataforma Moorestown, rodam a 1.5 GHz em smartphones e a até 1.9 GHz em tablets. 

 
De acordo com a empresa, os chips Medfield devem chegar ao mercado ainda este ano, e "trarão os benefícios da arquitetura Intel em uma solução com baixo consumo de energia para os smartphones", disse o VP da empresa para o grupo de mobilidade, Anand Chandrasekher. O executivo alfinetou a concorrência e disse
que, atualmente, os telefones "gastam energia demais e sua bateria dura muito pouco".
 
A Intel tem tentado entrar no crescente mercado de smartphones e tablets há tempos, mas seus processadores Atom ainda não possuem a eficiência energética dos concorrentes ARM. 
 
Novo MeeGo
A companhia também anunciou investimentos na tecnologia wireless LTE (4G), em um acordo com a Samsung, e uma nova interface para o MeeGo, seu sistema operacional móvel, que estava sendo desenvolvido em parceria com a Nokia (a fabricante finlandesa desistiu, e resolveu apostar no Windows Phone Mobile).

Exibida em um stand especial na Mobile World Congress, em Barcelona, essa nova interface do MeeGo traz painéis para exibição de conteúdo e contatos. 

 
O sistema agora "aprende" quais são as pessoas com quem o usuário tem mais contato e exibe as atualizações, tweets e e-mails delas com prioridade na tela principal. "Esperamos que o MeeGo seja adotado em uma série de dispositivos que acessam a internet, de tablets a TVs", disse. 
 
Outra novidade é a compra da Silicon Hive, uma companhia especializada em tecnologia para processamento de imagens e vídeos em dispositivos móveis. 
 
A Intel anunciou novas ferramentas de desenvolvimento de software para desenvolvedores de aplicativos para MeeGo e a plataforma de aplicativos móveis AppUp.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail