Home > Notícias

MWC 2012: ZTE lança Windows Phone de baixo custo

Orbit tem tela de 4 polegadas e câmera de 5 MP, com processador de 1 GHz e Windows Phone 7.5

Mikael Ricknäs, IDG News Service

27/02/2012 às 13h37

Foto:

A ZTE continua a promover a plataforma Windows Phone com o lançamento do Obrit, um aparelho de baixo custo que visa expandir o mercado do sistema operacional móvel da Microsoft. Até o momento a Microsoft e seus parceiros não conseguiram vender grandes quantidades de aparelhos baseados no sistema operacional, mas a chegada de uma nova geração de produtos de menor custo deve mudar isto.

“O plano é simples: reduzir o preço dos aparelhos com o Windows Phone para aumentar as vendas”, disse Francisco Jeronimo, gerente de pesquisa da IDC.

O Orbit tem uma tela de 4 polegadas com resolução de 480 x 800 pixels e uma câmera de 5 MP, além de 512 MB de RAM e 4 GB de memória interna. O processador é um modelo single-core da Qualcomm rodando a 1 GHz. A ZTE não anunciou o preço do aparelho, mas a empresa é renomada pela produção de smartphones de baixo custo. Ele deve chegar às lojas no segundo trimestre deste ano.

No segmento de aparelhos mais acessíveis o Orbit terá que competir com o recém-anunciado Lumia 610, que tem uma tela de 3.7 polegadas com resolução de 480 x 800 pixels. O 610 tem maior capacidade de armazenamento, com 8 GB, mas apenas 256 MB de RAM, segundo especificações da Nokia. A Microsoft está fazendo modificações em seu sistema operacional Windows Phone para que seja capaz de rodar em aparelhos com 256 MB de RAM.

O Nokia 610 irá custar cerca de US$ 250 sem subsídios de operadora, e também chegará às lojas durante o segundo trimestre. O preço é mais agressivo do que o esperado, de acordo com Geofff Blaber, analista da CCS Insight.

As entregas globais de smartphones rodando o Windows Phone no quatro trimestre deste ano cresceram 36% em comparação com o trimestre anterior, chegando a 2.7 milhões de unidades (900 mil da Nokia), segundo informações da Strategy Analytics publicadas na semana passada.

Em comparação a Apple vendeu 37 milhões de iPhones e se tornou a maior fabricante de smartphones em todo o mundo durante o mesmo período, disse a Strategy Analytics.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail