Home > Notícias

MySpace Music aquece disputa no segmento de lojas online de música

Rival do iTunes, iniciativa da rede MySpace chega aos Estados Unidos com músicas das 4 grandes gravadoras.

IDG News Service/EUA

25/09/2008 às 9h09

Foto:

O MySpace Music será lançado nesta quinta-feira (25/09) e oferecerá aos membros da rede social a habilidade de ouvir músicas  das quatro grandes gravadoras gratuitamente, assim como comprar canções sem qualquer trava digital de uma loja alimentada pela Amazon MP3.

Além de EMI Music, Sony BMG Music Entertainment, Universal Music Group e Warner Music Group, outros selos que participarão da iniciativa são Sony ATV / Music Publishing e grupos independentes, como The Orchard e Alternative Distribution Alliance.

Anunciado em abril, o MySpace Music completa o já existente componente musical da rede social, que inclui perfil de 5 milhões de artistas com canções, vídeos, fotos e outros conteúdos.

O novo serviço permitirá que membros compartilhem músicas, comprem material das bandas e até mesmo ingressos, ouçam e comprem músicas, gerenciem suas bibliotecas digitais e criem playlists.

Ainda que o mercado seja dominado pelo iTunes Music Store, da Apple, o MySpace acredita que o novo serviço dará aos usuários maior flexibilidade e liberdade.

"Acreditamos que podemos levar o modelo de monetização de músicas longe do sistema baseado em barreiras e construir um negócio sólido vendendo conteúdo livre", afirma o vice-presidente sênior de estratégia de produto do MySpace, Steve Pearman.

Na quinta, quando o serviço for lançado, assinantes dos Estados Unidos encontrarão uma nova página em seus perfis chamada "My Music" onde poderão criar playlists. Será possível criar uma lista das 10 canções preferidas dentro de seus perfis, além de tantas outras playlists que conterão até 100 músicas fora dali.

Para comprar músicas, o botão específico levará usuários para uma loja alimentada com conteúdo da Amazon MP3. As canções não terão DRM e ringtones também estarão disponíveis. O serviço será lançado no resto do mundo nos próximos meses e pode, atualmente, ser acessado apenas por micros.

No futuro, o MySpace espera vender ingressos e merchandise pelo serviço e acrescentar outros modos de engajamento, como uma tabela com as músicas mais ouvidas ou compradas pelos usuários.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail