Home > Notícias

Nas empresas: 5 coisas que os CEOs vão amar no iPhone 4S

Novo modelo da Apple, que chega às lojas no dia 14/10, inclui recursos úteis para o uso no ambiente corporativo

Macworld/EUA

11/10/2011 às 7h41

Foto:

Na última semana o iPhone, da Apple, ícone da mobilidade, recebeu uma reforma interna, em vez de um redesign radical. E apesar das críticas iniciais, já é o celular mais vendido da história, com mais de um milhões de aparelhos encomendados nas primeiras 24 horas da pré-venda.

Do lado do hardware, o iPhone 4S tem uma câmera muito melhor, um processador mais rápido A5 (a mesma que está no iPad 2), velocidade para transmissão de dados muito superior a do iPhone 4 e suporte aos padrões de reded GSM e CDMA. No lado do software, o iPhone 4S vem com um assistente de inteligência artificial controlado por voz, chamado de Siri.

Executivos de negócios devem estar feliz de a Apple não cair na armadilha de fazer upgrades no iPhone apenas por causa da concorrência com o Android. Para usuários de negócios, no mundo real as necessidades atendidas superam o marketing dirigido por hype e percepção. E há um grande número de usuários corporativos do iPhone: a Apple afirma que 93 por cento das empresas Fortune 500 estão testando ou implementando o iPhone.

Tudo isso nos leva à primeira das cinco razões pelas quais o iPhone 4S será uma poderosa ferramenta de negócios.

Razão 1: Ter evitado a tentação do 4G

Uma vez que alguns celulares Android suportam redes 4G LTE, analistas de tecnologia como Rob Enderle e outros chegaram a prever que o mais novo iPhone da Apple também apoiaria 4G. "Outro telefone 3G seria um problema, dada a concorrência já ter migrado para o 4G", disse Enderle em uma discussão sobre os prós e contras de 4G, antes do lançamento do iPhone.

Para ele não importava que os imaturos chipsets 4G drenassem a vida da bateria como uma peneira, ou que a cobertura LTE continuasse sendo deficiente, com operadoras de telefonia móvel começando só agora a expansão da rede. Mas, para Apple, essas são, sim, razões de sobra para ainda não abraçar a nova tecnologia.

Por não migrar para o 4G, a Apple melhorou a duração do tempo de carga da bateria do iPhone 4S: oito horas de tempo de conversação 3G, 10 horas de vídeo. O que agrada os usuários corporativos.

iPhone4s300

iPhone 4S: de olho nas empresas

Razão 2: Ter atendido à necessidade de maior velocidade

E sobre a velocidade de transferência de dados? A Apple aparentemente não perdeu muito, alegando que a execução iPhone 4S em redes 3G, incluindo HSPA +, que a AT&T afirma oferecer velocidades de 4G (e o próprio ITU considera um dos padrões de quarta-geração), duplica a velocidade de download iPhone 4 para 14,4 Mbps em downloads e 5,8 Mbps nos uploads.

"Esta é uma incrível velocidade de download, e nós vamos ter que ver para acreditar", diz Freimark. "Se eles podem acelerar o 3G para a sensação de uso da 4G, vai ser notável."

E se todo mundo adora velocidade de download, os usuários de negócios têm mais a ganhar. O download de relatórios de business intelligence com aplicativos para iPhone como Roambi começa a se tornar padrão. Além disso, mais e mais empresas estão usando o iPhone para comunicações por vídeo.

Relacionando a isso, o poder de processamento do novo A5 chip dual-core deve impulsionar o desempenho de gráficos gerados por aplicativos como Roambi. Para os departamentos de TI que querem gráficos, bem como melhorar o desempenho de redes privadas virtuais e a criptografia on-the-fly,"o novo chip efetivamente sobe a barra", Freimark diz.

Razão 3: O "S" no iPhone 4S é o Siri, estou convicto disso

Para executivos super-ocupados, o assistente pessoal virtual Siri deve ser uma dádiva de Deus.

A Apple exibiu Siri durante o lançamento do iPhone 4S, em que Siri foi capaz de entender e compreender palavras faladas, como chuva e capa de chuva, ler mensagens de texto, dar acesso a aplicativos como alarmes e calendários a partir da leitura de mensagens recebidas e abertas pelo usuário, e até mesmo criar geo-tags que, por exemplo, possam lembrá-lo para comprar um pouco de leite depois de sair do escritório. Para um CEO, esta funcionalidade pode ser incalculável.

Enquanto Siri soa como algo perto do que vimos acontecer em Star Trek, uma grande questão permanece: como é que Siri vai se comportar no mundo real, com tanta interferência de vozes e ruídos? A curiosidade é grande.

Freimark acredita que a Apple é capaz de entregar tudo o que demonstrou na apresentação do iPhone 4S. A tecnologia de reconhecimento de voz já está presente no iPhone desde a versão 3G, mas não de forma tão sofisticada e integrada de forma nativa com os aplicativos. A Apple gastou milhões no ano passado para adquirir o Siri, um aplicativo para iPhone que passou a integrar alista de 15 melhores aplicativos do iPhone para os CEOs ocupado elaborada recentemente pela CIO.

O aplicativo Siri não foi atualizado por um ano, o que provavelmente significa que o pessoal da Siri e os engenheiros da Apple estão trabalhando juntos neste produto por todo esse tempo. "Há uma boa possibilidade dele vir a ser a killer app para o iPhone",opina Freimark.

Razão 4: Ser um aparelho para a economia global

Como esperado, a Apple conseguiu incluir no mesmo aparelho os padrões de rede CDMA e GSM. Isto, naturalmente, beneficia todos os globetrotters e os executivos de negócios obrigados a se deslocarem com frequência na economia global emergente.

Por exemplo, um dos executivos clientes da Tekserve carrega hoje dois iPhones: um CDMA da Verizon para uso nos Estados Unidos e um GSM desbloqueado para o exterior. Agora ele vai ser capaz usar um único iPhone 4S.

Razão 5: Airplay para empresas

O iPhone 4S suporta o padrão Airplay. Para usuários de negócios, esse recurso pode desempenhar um papel crítico em apresentações, diz Freimark, especialmente quando usado com a Apple TV. "É algo realmente impressionante", completa Freimark.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail