Home > Notícias

Navegador Safari deve ganhar recurso “não me siga”

Nova função do browser deve impedir que anunciantes rastreiem os passos dos internautas; software ganhou atualizações de segurança

PC World/EUA

14/04/2011 às 17h05

Foto:

Futuras versões do navegador da Apple, o Safari, devem ganhar o recurso "Do Not Track", destinado a impedir que os anunciantes dos sites sigam os passos do usuário na Internet.

Segundo o Wall Street Journal, o recurso “não me siga” já aparece em versões de teste do Mac OS X Lion, que deve ser lançado no segundo semestre deste ano. Apesar disso, ainda não se sabe se a função estará mesmo disponível em breve.

A questão do monitoramento dos internautas é um tema quente. Depois de uma série de reportagens no Wall Street Journal que mostra como os anunciantes seguem os usuários na rede e fazem anúncios personalizados, a Mozilla inclui a função Do Not Track no Firefox 4 e a Microsoft inclui a Tracking Protection no IE9.

Esta semana, os senadores norte-americanos John Derry e John McCain entraram com um projeto que pode fazer com que as empresas sejam obrigadas a dar ao internauta a possibilidade de solicitar que seus dados não sejam coletados.

Enquanto o recurso "Do Not Track" não chega ao navegador da Apple, a empresa liberou hoje (14/4) um pacotão de correções voltadas para a segurança do Safari, do Leopard e do Snow Leopard. O Safari 5.0.5 é compatível com qualquer Mac que rode o sistema  10.5.8 ou mais recente (Windows XP ou superior ). A atualização corrige várias brechas que permitem, por exemplo, que sites adulterados sejam utilizados para a execução.

A empresa também liberou o Security Update 2011-002, que combate vulnerabilidades no Leopard e Snow Leopard, como a que permitia a criminosos roubarem certificados digitais, utilizados por alguns sites para verificar a autenticidade de uma página. Os updates podem ser baixados no site da Apple ou clicando em Atualização de Software, no ícone da maçã do Mac OS X.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail