Home > Notícias

Navegador Safari tem seis novas correções de segurança

Segundo a Apple, quatro das falhas são consideradas críticas; crackers poderiam explorá-las para aplicar golpes virtuais nos internautas

Computerworld

12/08/2009 às 8h53

Foto:

Um mês depois de ter divulgado correções de segurança para o navegador Safari, a Apple anuncia que corrigiu outras seis vulnerabilidades - quatro delas consideradas críticas - na versão para os sistemas operacionais Windows XP e Vista do navegador. Já na versão para Mac foram corrigidas quatro falhas.

Metade das vulnerabilidades faz parte do WebKit, componente de código aberto responsável por processar e exibir as páginas HTML da internet e que também é usado no Chrome, o browser do Google.

Segundo a Apple, as falhas permitiam “execução de código arbitrário”, o que significa que um cracker (criminoso da Internet) poderia invadir o computador de um internauta a partir das vulnerabilidades.

A falha mais incomum foi registrada no “Top Sites”, um recurso do navegador da Apple que mostra aos usuários “thumbnails” (ou amostras) dos sites mais visitados.  Assim é possível que um site nocivo promova páginas ilegais entre os sites mais visitados e, com isso, atraia os internautas para páginas com golpes.

A versão atualizada para Windows ou Mac já pode ser baixada do site da Apple. Os atuais usuários receberão as correções através do mecanismo de atualização do navegador. De acordo com dados da Net Applications, o Safari tinha, em julho, 4% de participação no mercado mundial de navegadores.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail