Home > Notícias

Negroponte quer desenvolver tablet educacional com governo da Índia

OLPC se propõe a fornecer gratuitamente toda a tecnologia de hardware e software para a criação de um tablet de 35 dólares.

IDG News Service (New York)

30/07/2010 às 17h30

Foto:

A One Laptop Per Child (OLPC ou Um Laptop por Criança, em português) quer formar uma parceria com o governo da Índia para o desenvolvimento de um tablet educacional, que custaria 35 dólares.

Em comunicado, Nicholas Negroponte, presidente da OLPC, disse que o mundo precisa do tablet e declarou que fornecerá aos indianos o acesso total às tecnologias de hardware e software do dispositivo.

“Reitero minha proposta de pleno acesso à nossa tecnologia, sem custo algum. Convido-os a enviar uma equipe para o MIT e para a OLPC o mais cedo possível, para que possamos compartilhar nossos resultados com vocês”, disse Negroponte em seu blog, na última quinta-feira (29/7).

A OLPC tem seus próprios planos para desenvolver um dispositivo de baixo custo e espera lançar um tablet XO ao custo de 100 dólares até 2012. Negroponte afirmou que o tablet de 35 dólares não iria competir com outras ofertas da OLPC e que ambos poderiam sincronizar esforços para promover a educação.

O governo indiano anunciou na última semana que o tablet de 35 dólares será destinado à estudantes, mas não anunciou uma data de lançamento.  As autoridades daquele país já haviam anunciado dispositivos de baixo custo, inclusive um laptop de 100 dólares, mas falhou no projeto. Alguns analistas acreditam que o tal produto não verá a luz do dia.

A própria OLPC anunciou um laptop similar, também ao custo de 100 dólares, em 2005. No entanto, atrasos de produção e custos crescentes fizeram o preço mínimo do dispositivo subir para 200 dólares. Ainda que não revele os números oficiais de suas vendas, a entidade afirma que já entregou dois milhões de unidades em 40 países.

Como parte de sua implantação, a OLPC tem desenvolvido laptops XO em diversos projetos na Índia, mas a entidade vem tendo um relacionamento morno com o governo local. Em 2006, o país se recusou a comprar os portáteis XO e deu preferência ao Intel Classmate. No entanto, em 2009, duas organizações governamentais indianas fizeram encomendas do laptop de Negroponte.

A OLPC tem sido elogiada pelo desenvolvimento de hardwares inovadores e ecológicos. O tablet XO pode incluir tecnologia de display Pixel Qi, que permite que as telas absorvam luz ambiente para iluminá-las e, consecutivamente, economizar energia, reduzindo a necessidade da tradicional luz de fundo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail