Home > Notícias

NET lança banda larga popular de 200 Kbps no Estado de São Paulo

Pacote começa a ser oferecido nesta quarta-feira (23/12) em 48 cidades paulistas, incluindo modem e atrelado a 12 meses de contrato, informa empresa

Daniela Braun, do IDG Now!

22/12/2009 às 13h26

Foto:

A NET Serviços lançou, na terça-feira (22/12) um pacote de Banda Larga Popular com velocidade de acesso de 200 Kilobits por segundo por uma mensalidade de 29,80 reais.

O pacote começa a ser oferecido a partir desta quarta-feira (23/12) em 48 cidades do Estado de São Paulo, onde a NET já atua. A oferta inclui o modem (cedido em regime de comodato) e prevê instalação grátis, mas está atrelada a um prazo mínimo de contratação de 12 meses.

Este é o primeiro pacote popular de acesso em banda larga a chegar no mercado seguindo os parâmetros estabelecidos pelo Programa Banda Larga Popular, do Governo do Estado de São Paulo.  O programa, regulamentado pelo Decreto 54.921, oferece isenção de ICMS a serviços que atendam às exigências do decreto e sejam voltados apenas para pessoa física.

A base potencial de usuários do novo pacote no Estado de São Paulo é de 2,5 milhões de pessoas, afirma o presidente da NET, José Antônio Félix. "Cerca de 1,8 milhão de pessoas usam computador com acesso discado e 700 mil possuem computador e não acessam a internet", informa o executivo em entrevista ao IDG Now!. Na avaliação de Félix, a velocidade de 200 Kbps "já satisfaz a necessidade das pessoas que não têm a experiencia de conexão 'always on', o que não é possível com a linha discada".

O presidente da NET desmistificou a oferta de maior velocidade (250 Kbps) prometida pela Telefônica para seu pacote de Banda Larga Popular, que será lançado em janeiro. "Primeiro a empresa tem de lançar o produto anunciado", comentou Félix dizendo que não há muita diferença entre o acesso a 200Kbps ou a 250Kbps.

"Mas a gente não espera entrar nesse tipo de discussão até porque a finalidade do serviço é incetivar a inclusão e trazer a experiencia para pessoas que não têm banda larga", disse o executivo. O prazo de mínimo de 12 meses de adesão ao pacote de banda larga também estava previsto no decreto e serve para amortizar os custos de instalação do serviço, que não serão cobrados nesta modalidade, explica Félix.

Oferta de entrada

O pacote de Banda Larga Popular pela NET também é visto como uma "oferta de entrada", que incetiva a migração para planos com velocidades maiores, disse o presidente da empresa. Desde abril de 2008, a companhia oferece um pacote 'popular' combinado à oferta de TV a cabo para canais abertos e telefonia (NET Fone) por 39,90 mensais.

Segundo Félix, o pacote já foi adquirido por 400 mil usuários e será mantido no portifólio. "A oferta tem sido um sucesso porque foi a primeira incursão da NET na classe C, já que a empresa é tradicionalmente voltada ao público classe A", afirma. Hoje, dos clientes de banda larga da NET, predominam pacotes com velocidades de acesso entre 3 Mbps e 6 Mbps. A oferta superior ao plano de 200 Kbps é o pacote de 500 Kbps, que custa 49,90 reais mensais.

Pacote de segurança

As ofertas de banda larga popular da NET incluem três meses gratuitos de antivírus da empresa F-Secure e o livro 'A Internet Segura do Menino Maluquinho', uma cartilha para acesso seguro elaborada pelo cartunista e escritor Ziraldo, em conjunto com a empresa de segurança.

Custo do modem

Félix reconhece que houve dificuldade em ajustar o valor do modem para o acesso à mensalidade prevista pelo Programa de Banda Larga Popular - ponto considerado um entrave para muitas operadoras, especialmente, as móveis. "Estamos acostumados com dificuldades porque nossa vida é concorrencial, mas temos de contornar este tipo de restrição", declarou o executivo.

"Claro que é caro viabilizar do modem, que é um componente importado, mas reconhecemos o esforço do governo em abrir mão do ICMS - em alguns Estados o imposto chega a ser de 40% sobre o serviço de banda larga", conclui o executivo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail