Home > Notícias

Netbooks contribuem para melhor desempenho do mercado de processadores

Vendas globais de chips cresceram 10% no segundo trimestre, mas demanda ainda não é significativa, afirma consultoria IDC.

IDG News Service

06/08/2009 às 8h43

Foto:

As vendas mundiais de microprocessadores cresceram 10% no segundo trimestre deste ano em relação aos três primeiros meses do ano, informa a consultoria IDC. A receita do setor também cresceu - 8% desde o início do ano -, o que representa uma alta acima da média para o segundo trimestre.

Apesar da recuperação desse mercado, a IDC se mantém cautelosa, afirmando que o crescimento nas vendas de chips ainda não sinaliza uma demanda significativa do mercado de PCs. Na avaliação da consultoria, o período de volta às aulas não vai salvar as empresas de microprocessadores Intel e AMD ou os fabricantes de desktops.

O crescimento se deve à demanda de fabricantes de netbooks - versões simplificadas dos notebooks voltadas para o acesso à internet - que estão repondo seus estoques após as compras do primeiro trimestre.

Na comparação com o segundo trimestre de 2008, o mercado apresentou uma queda de 7% em unidades vendidas e de 15% em receita, aponta a IDC.

A Intel apresentou o melhor resultado no segundo trimestre, com uma alta de 12,5% em unidades vendidas, especialmente por conta das vendas do chip Atom para netbooks, que cresceram 34% em relação ao primeiro trimestre deste ano. A rival AMD observou um incremento de 2% em unidades vendidas na comparação com os primeiros três meses do ano.

A participação de mercado das duas concorrentes não sofreu alterações representativas. A Intel conta com 79% o mercado mundial de microprocessadores e a AMD possui 20% de participação, tendo perdido 1,6 ponto porcentual do setor em relação ao primeiro trimestre - fatia que se converteu em crescimento de mercado para a Intel.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail