Home > Notícias

Ninja critica Twitch por promover stream pornô em seu antigo perfil

Streamer assinou contrato de exclusividade com plataforma da Microsoft no início de agosto

Da Redação

12/08/2019 às 14h03

Foto: Divulgação

Um dos streamers mais populares do momento, Richard Tyler Blevins, conhecido como Ninja, acusou o Twitch de utilizar seu canal dentro do serviço de streaming de jogos para promover outros canais na plataforma. Um desses canais seria um suposto stream pornô que teria ficado entre os principais destaques de sua antiga conta no Twitch por cerca de duas horas.

Para quem não sabe, Ninja era dono de uma das contas com maior audiência no Twitch, totalizando 14,7 milhões de inscritos na plataforma. No início deste mês, o jogador anunciou que deixará de utilizar o Twitch e passará a fazer transmissões exclusivamente no Mixer, plataforma de streaming da Microsoft. Com isso, seus quase 15 milhões de seguidores no Twitch foram "deixados para trás".

Agora, Ninja afirma que o Twitch ainda explora sua fama e popularidade para alavancar a audiência de outros canais. "Eu faço stream há oito anos para construir minha marca, construir aquele canal, 14,5 milhões de seguidores, e eles ainda usam meu canal para promover outros streamers", disse Ninja em um vídeo publicado neste domingo (11) em seu Twitter.

Ninja ainda declarou que ele e sua equipe estão tentando derrubar todo o canal - ou, caso isso não seja possível, impedir que outros canais sejam promovidos usando sua conta no Twitch. Além disso, pediu desculpas por qualquer conteúdo inapropriado exibido no perfil.

Algum tempo depois após Ninja publicar essa mensagem, o CEO do Twitch, Emmett Shear, publicou em seu Twitter um comunicado se desculpando pelo ocorrido. De acordo com o executivo, a plataforma tem testado promover outros canais em perfis de streamers que estão offline ou que não utilizam mais o Twitch como serviço principal para suas transmissões. Isso para que os demais usuários "encontrem ótimos canais ao vivo".

"O conteúdo obsceno que apareceu no canal offfline @ninja viola totalmente nossos Termos de Serviço e suspendemos permanentemente a conta em questão. Em uma nota pessoal, peço desculpas diretamente para @ninja que isso aconteceu. Não era nossa intenção, mas não deveria ter acontecido. Não há justificativa", disse, destacando que o canal do streamer ficará desativado durante a investigação do caso.

Fonte: Mashable

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail