Home > Notícias

Nintendo: Brasil é um dos países que mais pirateiam seus produtos

Falsificação de títulos e chips de modificação de consoles podem lesar usuários e cobra ação do governo norte-americano.

Redação da GamePro / EUA

25/02/2009 às 16h38

Foto:

A Nintendo apresentou uma lista dos países campeões de pirataria e pede ao
governo dos Estados Unidos passos mais firmes no combate à pirataria de
seus produtos, os consoles Wii e DS.

A relação da fabricante destaca Brasil, China, Coreia, Paraguai e
Espanha como líderes em pirataria de seus produtos e aponta como principal problema a falta de proteção adequada aos
videogames e jogos.

Segundo a Nintendo, a pirataria aumentou no último ano, crescimento reforçado
pela facilidade na aquisição de chips de modificação e cópias de games.

“É
importante que os pais percebam que, se os usuários de dispositivos
modificados são crianças, elas podem ser expostas a conteúdos
impróprios por download”, afirma Jodi Daugherty, diretor anti-pirataria
da Nintendo nos Estados Unidos

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail