Home > Notícias

No Brasil tecnologia se concentra em grandes empresas e no Sudeste

Somadas, as empresas com mais de 250 funcionários faturaram 76,1% dos 82,1 bilhões de reais produzidos pelo setor em 2006.

Redação do IDG Now!

03/04/2009 às 11h36

Foto:

O setor de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC) no Brasil se concentra tanto em grandes empresas como no eixo Sudeste/Sul, segundo estudo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (03/04).

Em 2006, 48,2% dos empregados do setor trabalhavam em empresas com mais de 250 funcionários.  A relação é ainda maior ao se considerar a fatia da soma dos  valores adicionado e da transformação industrial no setor total: empresas com mais de 250 funcionários equivalem a 76,1% dos 82,1 bilhões de reais atingidos em 2006.

Os dados fazem parte do estudo "O setor de tecnologia da informação e comunicação no Brasil 2003-2006", que analisa o mercado nacional no período usando pesquisas econômicas anuais  da indústria, do comércio e dos serviços.

Ao se separar as companhias de TIC pelo faturamento, a diferença entre grandes e pequenas fica muito menor, com 40,7% dos empregados em empresas com receita  além dos 60 milhões de reais e 37,8% em empresas cujos ganhos não passam  dos 2,4 milhões de reais.

As grande empresas, porém, se mostram mais produtivas que as menores, ao se considerar a relação entre valor adicionado gerado e número de empregados: companhias com mais de 250 funcionários costumam ser 4,8 vezes mais produtivas que as pequenas empresas.

Geograficamente, o Sudeste aparece na liderança entre as regiões com maior participação seja no número de empregados ou na riqueza gerada. Em 2006, a região correspondeu a 65,6% dos funcionários de TICs e 64,4% do valor gerado no setor.

O Sul aparece em um distante segundo lugar, com 13,2% do pessoal ocupado e participação de 11,6% na geração de riquezas, seguido pelo Norte (7,2% e 9,6%, respectivamente), Nordeste (6,2% e 7,4%, respectivamente) e Centro-Oeste (7,9% e 6,9%, respectivamente).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail