Home > Notícias

No carro, celular distrai mais que passageiro

Estudo aponta que motoristas ficam mais distraídos quando estão falando no celular do que quando estão conversando com passageiros no carro.

PC World/EUA

02/12/2008 às 9h51

Foto:

Celulares distraem motoristas mais do que passageiros que conversam muito durante o trajeto. Além disso, dispositivos viva-voz não tornam a direção mais segura, de acordo com um recente estudo divulgado pela agência Reuters e publicado pelo Journal of Experimential Psychology: Applied. Ainda pior, os motoristas que utilizam celulares são tão “comprometidos” quanto os que estão bêbados.

Pesquisadores da Universidade de Utah usaram uma série de testes de simulação de direção para determinar que gadgets como fones de ouvido Bluetooh causam a mesma distração que um celular. Falar em um aparelho móvel reduz o tempo de reação em motoristas adultos de 18 a 49 anos ao das pessoas mais velhas, de acordo com a pesquisa do Journal of Experimental Psychology.

Passageiros causam menos distração porque eles podem apontar riscos ou lembrar os motoristas das próximas saídas. Além disso, são mais propensos a mudar uma conversa quando as condições de direção se alteram - e pelo fato de estarem no carro, eles sabem que o motorista precisa prestar mais atenção.
  
Dois videos do estudo mostram os perigos de se dirigir enquanto se fala no celular. No primeiro, o motorista usa um dispositivo hands-free para falar ao celular inadvertidamente na saída de uma estrada que ele havia sido instruído a seguir. No outro, o motorista não está no telefone, mas falando com um passageiro. Este último acabou tendo sucesso porque o passageiro o alertou sobre o caminho.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail