Home > Notícias

Nokia quer impedir a venda de produtos Apple nos EUA

Empresa da Finlândia entrou com um novo processo contra a rival, que solicita à Justiça o bloqueio da importação de Macs, iPhones e iPods

Macworld/Reino Unido

05/01/2010 às 12h53

Foto:

A Nokia entrou com um novo processo na semana passada acusando a Apple de infringir sete patentes suas e solicitando que uma corte americana proíba a entrada de equipamentos Apple nos Estados Unidos, o que inclui os computadores Mac, iPhones e iPods.

O novo processo (o segundo que a Nokia abre contra a Apple na batalha de acusações de quebra de patentes, iniciada em outubro) é quase idêntico ao que a Nokia havia iniciado em dezembro de 2009 e encaminhado à ITC (International Trade Commission), que já solicitava a Apple fosse impedida de trazer para os Estados Unidos “todos os equipamentos eletrônicos que infringem uma ou mais patentes da Nokia”.

Em seu novo processo, a Nokia  destaca sete patentes que a Apple teria violado. E acusa a maior parte dos produtos de sua concorrente de infringirem as patentes citadas. A lista inclui os iPhones 3G e 3GS; iPods touch, nano e classic; iMac, Mac mini Mac Pro desktop; e os portáteis MacBook, MacBook Pro e MacBook Air.

Retrospectiva da disputa
O primeiro tiro partiu da Nokia, que em outubro do ano passado acusou a Apple de ter violado dez patentes ao produzir o iPhone e acusou a companhia de Steve Jobs de “querer pegar uma carona nas tecnologias inovadoras da Nokia”.


A Apple negou as acusações e em 11/12 entrou com um processo contra a Nokia afirmando que a rival finlandesa violou 13 patentes da Apple. “As outras empresas devem competir conosco criando suas próprias tecnologias, não apenas roubando as nossas”, declarou o advogado da Apple, Bruce Sewell.


A nova iniciativa da Nokia pode funcionar. No final de 2009, a desenvolvedora canadense i4i entrou com uma ação contra a Microsoft que impedia a venda do pacote Office e do Word, por violação de patentes. A Microsoft tem até o dia 10 de janeiro para alterar seus produtos e continuar a comercializá-los.

Em seu segundo processo, a Nokia quer levar a Apple a julgamento e conseguir que a rival pague, com juros por “danos causados”.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail