Home > Notícias

Norte-americano é condenado a 4 anos de cadeia por roubo de dados

John Schiefer infectou 150 mil PCs para roubar dados sigilosos de contas bancárias e instalar adware de empresa holandesa.

Redação do Computerworld / EUA

06/03/2009 às 9h38

Foto:

O primeiro acusado por usar uma rede bot para roubar dados e cometer fraudes nos Estados Unidos foi sentenciado a quatro anos de prisão. O ex-analista de segurança John Schiefer também terá que pagar multa de 2,5 mil dólares, em sentença proferida pelo juiz Howard Matz da corte federal de Los Angeles.

Schiefer assumiu o roubo de nomes de usuários, senhas e dados financeiros de mais de 250 mil sistemas infectados, instalando adwares na rede bot que ele e alguns conhecidos armaram.

Segundo documentos da corte, Schiefer usava computadores tanto em casa como no trabalho para operar o esquema de roubo, no qual ele e seus cúmplices infectavam sistemas e interceptavam a troca de dados entre as máquinas comprometidas e serviços online.

Schiefer admitiu ainda ter instalado ilegalmente adwares em quase 150 mil PCs infectados sem o consentimento das vítimas. O adware era instalado em nome de uma empresa holandesa de publicidade que o contratou para fazer o trabalho, mas exigia que os usuários aprovassem a publicidade.

Ao admitir a fraude, o Schiefer também concordou em restituir 20 mil dólares para a companhia holandesa e instituições financeiras que sofreram o golpe.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail