Home > Notícias

Notebooks educacionais OLPC com Linux e Windows devem sair em outubro

Inclusão do Windows atenderá exigência de alguns países, que declararam não adotar o laptop XO em versão apenas com Linux.

IDG News Service/Taipé

04/09/2008 às 11h30

Foto:

O laptop de baixo custo XO da organização não governamental One Laptop Per Child, que possui versões tanto em Linux como em Windows, sairá no próximo mês, de acordo com um funcionário da OLPC.

O XO dual-boot era esperado para agosto ou setembro. O novo aparelho irá permitir aos usuários executar o sistema operacional que eles preferirem, optando entre Windows XP ou Linux Sugar OS, encontrado originalmente no XO.

> OLPC venderá laptop XO pela Amazon.com

O novo aparelho é importante para a disseminação do XP ao redor do mundo. A OLPC começou como uma tentativa de construir um laptop de 100 dólares e trabalhar com os governos de países pobres para distribuí-los entre crianças. Porém, alguns governos disseram que não querem o laptop XO, independente do preço, a menos que a máquina venha com Windows.

“Alguns países têm sido inflexívels sobre o uso do software da Microsoft”, disse Matt Keller, diretor da OLPC para Europa, Oriente Médio e África.
++++
Um oficial de alto nível do governo do Egito foi um dos primeiros a dizer à OLPC que seu país só compraria o XO se ele pudesse rodar Windows.

Agora que a OLPC anunciou a versão dual-boot do laptop, o Egito planeja usá-lo nas escolas, disse Keller.

“Estamos todos falando sobre a educação infantil. Estamos dispostos a trabalhar com qualquer um que compartilhe esta visão”, disse Keller.

O objetivo da OLPC é ter certeza que ninguém esqueça os benefícios da computação. Sua preocupação é de que o preço dos PCs estão mantendo muitas pessoas nos países em desenvolvimento distantes de aprender como softwares, internet e comunicação via computadores podem auxiliar a economia, trabalho e a vida de modo geral. Para evitar que países pobres fiquem ainda mais atrasados, diversas organizações estão trabalhando para aumentar a inclusão digital.

A Microsoft lançou vários programas com governos de diferentes países em desenvolvimento, incluindo Vietnã e Filipinas, para construir laboratórios de informática em areas rurais e enviar funcionários da Microsoft para treinar pessoas no uso de software e para escrever programas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail