Home > Notícias

Nova placa SolidRun Q4 consegue rodar versão desktop do Windows 10

Com preço sugerido de US$139 nos EUA, a nova SolidRun Q4 possui a flexibilidade de funcionar como um PC ou uma placa para desenvolvimento de gadgets.

PC World / EUA

21/09/2016 às 18h23

solidpcq4_625.jpg
Foto:

Muitas placas de desenvolvimento no estilo do Raspberry Pi estão disponíveis no mercado, mas a maioria delas não consegue rodar a versão desktop do Windows. E a versatilidade para rodar o sistema é justamente um ponto forte da nova SolidRun Q4.

A SolidRun consegue rodar diferentes versões do sistema mais recente da Microsoft. Ou seja, possui a flexibilidade de ser um PC ou uma placa para usar na hora de criar gadgets legais.

A SolidPC Q4 traz processadores rápidos, memória, armazenamento e conectores que a tornam um PC Windows viável. O preço de 139 dólares nos EUA também é interessante. Mas temos uma má notícia: você terá de comprar o Windows 10 desktop separadamente, com preços a partir de 470 reais no Brasil (120 dólares nos EUA).

Vale notar que a nova placa precisa ser configurada para atender as exigências mínimas do Windows 10, que incluem 2GB de RAM e 16GB de armazenamento para uma versão 64-bit do sistema. A SolidRun Q4 suporta até 8GB de DDR3 RAM e possui espaço para até 128GB de memória flash para armazenamento.

Além de um PC, a SolidRun também pode ser usada para criar novos gadgets, aparelhos inteligentes para casa e máquinas da Internet das Coisas (IoT) para uso industrial. A placa ainda possui suporte para o gratuito Windows 10 IoT Core e para Linux.

O gadget conta com um chip Intel Pentium N3710, baseado na arquitetura Braswell, que também é usado no Chromebook C301SA da Asus. O chip traz uma CPU dual-core com velocidade de 2.56GHz e uma placa gráfica integrada com capacidade de rodar vídeo em full HD.

Por fim, vale destacar que a SolidRun Q4 possui dimensões bem pequenas, com apenas 53mmX40mm. 

Outras especificações da placa versátil incluem uma entrada HDMI 1.4b, uma porta DisplayPort, conectores USB 3.0 e m2 (para SSDs e módulos Wi-Fi).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail