Home > Notícias

Novas GPUs Nvidia para portáteis prometem mais desempenho e menor consumo

GeFore GTX 860M, 870M e 880M podem produzir imagens em 4K e prometem dobrar a autonomia de bateria em relação às suas antecessoras.

Agam Shah, IDG News Service

12/03/2014 às 14h03

Foto:

Com as novas GPUs GeForce GTX para dispositivos móveis, anunciadas nesta quarta-feira pela Nvidia, os notebooks poderão rodar jogos com a mesma qualidade gráfica de um console e por muito mais tempo.

Segundo a empresa as GeForce GTX 850M, 840M e 830M são até 60% mais rápidas que suas antecessoras, lançadas há um ano. Baseadas na nova arquitetura Maxwell, elas serão usadas em notebooks com menos de 22 mm (2,2 cm) de espessura.

Também há os modelos topo de linha, a GTX 870M e 880M, baseados na arquitetura Kepler, mais antiga, e com clock mais alto, que poderão ser usadas em notebooks maiores projetados para os entusiastas. 

A maioria dos notebooks atualmente no mercado usa uma GPU integrada, que é boa o bastante para as tarefas do dia-a-dia (vídeo em HD, navegação na web, edição de documentos e imagens) e jogos casuais. Mas as GPUs GeForce GTX permitirão que os usuários rodem alguns dos jogos mais “quentes” no mercado, que fazem uso pesado de gráficos e efeitos especiais, disse Kaustubh Sanghani, gerente geral da unidade de negócios de computadores portáteis na Nvidia.

Vários fabricantes já anunciaram que usarão as novas GPUs em seus notebooks, embora ainda não esteja claro quando os sistemas serão lançados. A GTX 880M, o modelo mais rápido, será usado em máquinas como a MSI GT70, Alienware 17 e ASUS G750, que tem telas de 17,3 poelgadas. A GTX 870M será usada em uma nova versão do Razer Blade, e o Lenovo Y50 e Gigabyte P34 usarão a GTX 860M. Os preços das máquinas não foram divulgados.

Segundo a Nvidia jogos como Assasin’s Creed IV: Black Flag e Batman: Arkham Origins podem ser jogados em HD em GPUs como a 850M e 860M, e tem desempenho ainda melhor com uma 870M ou 880M. A 860M, 870M e 880M podem gerar imagens em resolução 4K, ou 3840 x 2160 pixels, embora ainda não hajam notebooks com telas 4K no mercado.

A Nvidia mediu uma autonomia de bateria de 2 horas e 11 minutos em Borderlands 2 a 30 quadros por segundo (FPS) e resolução 1080p em um notebook equipado com uma GeForce GTX 860M, quase o dobro da autonomia conseguida com suas predecessoras, disse Sanghani.

A eficiência no uso de energia vem em parte de um novo recurso chamado Battery Bost, que pode ajustar a operação da GPU de acordo com as exigências do jogo. Ele equilibra desempenho e consumo de energia analisando as características de cada jogo, e os ajustes são colocados em vigor assim que o jogo é carregado.

Como acontece no PlayStation 4, jogadores usando notebooks equipados com as novas GPUs poderão gravar suas partidas usando um recurso chamado ShadowPlay. As imagens podem ser transmitidas ao vivo ou enviadas para o site Twitch.tv. Também será possível fazer o streaming de jogos através de uma rede sem fios para o portátil Nvidia Shield, que pode ser conectado a uma TV de alta definição através de sua porta HDMI.

De acordo com a Nvidia a GeForce GTX 850M tem 640 núcleos de processamento gráfico e é 60% mais rápida que sua antecessora, a 750M, que foi lançada há cerca de um ano. A 860M tem 1152 núcleos e é 40% mais rápida que a 760M. A 870M tem 1344 núcleos e é 30% mais rápida que a 770M, enquanto a 880M tem 1536 núcleos e é 15% mais rápida que a 780M. Todos os modelos tem clock ajustável, de acordo com o desempenho necessário.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail