Home > Notícias

Nove em cada dez mensagens indesejadas trazem tentativas de golpes

Volume de spams que levam a sites maliciosos cresceu 6% no segundo semestre de 2008, em relação ao semestre anterior.

Daniela Braun, editora-executiva do IDG Now!

05/03/2009 às 19h29

Foto:

Mais de 70% dos 100 websites mais populares da internet hospedam conteúdos maliciosos ou iscas contaminadas, que servem para atrair usuários desatentos para sites maliciosos. Isso representa um crescimento de 16% em seis meses, revela o relatório da Websense sobre segurança na Internet nesta quinta-feira (05/03).

No segundo semestre de 2008, 77% dos sites classificados como maliciosos pela Websense foram sites aparentemente de “boa” reputação, que foram comprometidos por crackers. No primeiro semestre de 2008, o índice era de 75%.

E-mails indesejados, aliados a sites maliciosos, são os veículos mais usados para tentativas de golpes. O relatório mostra que 90,4% de todo o spam que circularam no segundo semestre de 2008 continham links para sites de spam e/ou websites maliciosos - 6% a mais que no semestre anterior.

Na lista de 100 sites mais populares, baseada no ranking do Alexa, predominam buscadores, redes sociais e outros sites de Web 2.0, segundo a Websense.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail