Home > Notícias

Novo iPad chega em 21 países até o fim do mês; Brasil continua de fora

Tablet chega às lojas de mais 12 países nesta sexta-feira (20) e em outros 9 até 27/4. Aparelho foi homologado pela Anatel no último dia 13/4

Cauê Fabiano, Macworld Brasil

16/04/2012 às 12h40

Foto:

O novo iPad, lançado em março,  chegará oficialmente na próxima sexta-feira (20) em mais 12 países, de acordo com um release emitido hoje (16) pela própria Apple. 

Entre os países que poderão comprar a terceira geração do tablet da empresa ao fim desta semana, estão Coreia do Sul, Brunei, Croácia, Chipre, República Dominicana, El Salvador, Guatemala, Malásia, Panamá, São Martinho, Uruguai e Venezuela. A empresa afirma que, na semana seguinte (27/4), o tablet começará a ser vendido na Colômbia, Estônia, Índia, Israel, Letônia, Lituânia, Montenegro, África do Sul e Tailândia. 

Essa é a terceira leva de países que receberá o iPad, e o Brasil continua fora do grupo; em 23/3, o aparelho começou a ser vendido em 25 países, além dos dez nos quais ocorreu o lançamento oficial. Contudo, o dispositivo já foi homologado pela Anatel nesta sexta-feira, o que abre caminho para a chegada por aqui, já que todos os aparelhos com mecanismos de radiofrequência precisam primeiro da certificação do órgão para serem vendidos no país.

novoipad_390b.jpg
Tablet ainda não tem previsão para chegar ao Brasil

O processo de homologação do iPad foi o mais rápido até agora entre as outras versões lançadas no Brasil. A primeira versão do iPad, lançada em 3/4/2010 nos EUA foi homologada aqui apenas 4 meses depois, e só chegou oficialmente ao Brasil em dezembro do mesmo ano. Já a segunda versão do aparelho, lançada no início de março, foi homologada em um mês, sendo vendida no Brasil no fim de maio de 2011. O novo iPad, que chegou lá fora dia 16/3, demorou apenas 28 dias para ser certificado pela Anatel, no entanto a Apple Brasil afirmou que “não fez nenhum anúncio sobre a disponibilidade do novo iPad” no país. 

A nova versão do tablet possui tela Retina com resolução de 2048x1530 pixels, processador A5X dual core com quatro núcleos de processamento gráfico, câmera de 5 megapixel e conexão 4G (que ainda não está disponível no Brasil). O aparelho tem causado polêmica entre os usuários, que reclamavam que o tablet esquentava demais (o que foi negado pela Apple)  e que a bateria poderia demorar até 7 horas para ser recarregada. Ainda que a temperatura do aparelho seja superior a de tablets Android, o dispositivo não superaquece, e continua com 10 horas de vida útil

Enquanto o novo iPad não chega por aqui, veja nosso review completo do aparelho. 

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail