Home > Notícias

Novo iPhone 3GS também pode ser desbloqueado, diz hacker

Versão “à prova de jailbreak”, já pode ver vencida, mas com efeitos colaterais; Dev-Team trabalha em uma ferramenta completa para a tarefa

PC World/EUA

19/10/2009 às 11h46

Foto:

Quando a Apple disponibilizou a nova versão do iPhone 3GS com uma atualização do bootrom (chip utilizado em smartphones para checar o software do equipamento quando ele é ligado) muitos especialistas falaram sobre um aparelho “à prova de hackers”. Logicamente, essa afirmação é exagerada. É uma questão de tempo para que um novo exploit (ferramenta para desbloqueio) abrangente seja  descoberto. 

E o  grupo de hackers Dev-Team (conhecido por desbloquear várias versões de produtos da Apple) trabalha duro para encontrar a ferramenta para isso. Um dos seus membros, Eric McDonald, deu uma entrevista para a Wired dizendo que “não é impossível desbloquear o iPhone”. Segundo ele, mesmo com as ferramentas atuais, isso já seria aplicável, apesar de alguns “efeitos colaterais”.

>Destaque na Macworld - Lojas online da Apple saem do ar: movimento indica lançamentos

Sem uma versão adequada do exploit 24kpwn, usado nas versões anteriores para jailbreak (processo para destravar o celular), um aparelho 3GS desbloqueado só consegue ser iniciado novamente (após ser desligado) se o usuário conectá-lo a um computador.

Ou seja, acabou a bateria, não adianta ligá-lo na tomada. E se ele travar (coisa que não é incomum em um celular com jailbreak) longe do micro, também não é possível reiniciá-lo sem um computador.

A situação não é inédita. Quando a Apple lançou a segunda geração do iPod touch, a empresa também usou um diferente bootrom. Por conta disso, os usuários desse aparelho com jailbreak só conseguiam fazer o boot com o equipamento conectado a um computador, até o que o Dev-Team lançou uma correção – o que deve acontecer também como iPhone 3GS.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail