Home > Notícias

Novo “Mortal Kombat” é proibido na Austrália

Conselho de classificação do país afirma que game traz conteúdo impróprio para menores e até cita fatalities como motivo; Warner se diz decepcionada.

PC World / Austrália

25/02/2011 às 14h35

Foto:

Os gamers australianos terão que comprar uma cópia do novo “Mortal Kombat” em outro país. Isso porque o Conselho de Classificação do governo local recusou a classificação indicativa para o jogo, com o site GamePron tendo inclusive publicado uma cópia do documento com a polêmica decisão.

O Conselho afirma ter proibido a venda do game no país afirmando que ele traz conteúdo impróprio para menores de idade. Além disso, são citados 10 “fatalities” específicos, de personagens como Kung Lao e Baraka, como razões parciais para o banimento do aguardado novo jogo.

O GamePron entrevistou um porta-voz da distribuidora Warner Bros., que se disse “extremamente desapontado” com a decisão do governo de restringir o jogo e afirmou que com uma classificação R18+, para maiores de idade, o game poderia ser comprado por jogadores maduros.

O novo “Mortal Kombat”, que promete uma volta às raízes 2D da série, deve chegar no próximo mês de abril para as plataformas Xbox 360 e PlayStation 3.

Enquanto o game não chega, confira uma galeria especial com os principais títulos da série: "Mortal Kombat: conheça os principais jogos" (http://migre.me/3WKZR).

mortalkombat10.jpg

Novo "Mortal Kombat" foi considerado muito violento pelo governo australiano

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail