Home > Notícias

Novo software “caça” programas nocivos no iPhone e no iPad

VirusBarrier iOS permite que usuários verifiquem documentos anexados a e-mails que possam infectar computadores ou redes corporativas

Macworld / Reino Unido

12/07/2011 às 12h37

Foto:

A Intego lançou esta semana o VirusBarrier iOS, um scanner de programas nocivos para iPhone, iPad e iPod Touch. O novo software permite aos usuários de aparelhos iOS verificarem os documentos anexados a  e-mails na nuvem para identificar a presença de programas nocivos que possam afetar Macs ou PCs com Windows.

A empresa afirma que os aparelhos móveis da Apple representam um novo vetor para trazer arquivos a uma rede doméstica ou de trabalho. Apesar de, até agora, os iOS não ser o alvo dos criadores de pragas virtuais, os arquivos nocivos podem  passar desses aparelhos móveis para os computadores via e-mail ou acessos remotos, com o uso de serviços como MobileMe ou Dropbox.

O VirusBarrier iOS permite aos usuários realizarem facilmente a verificação de arquivos anexado a e-mail ou arquivos em locais remotos. O programa usa a tecnologia de verificação da Intego chamada VirusBarrier X6 para detectar e eliminar malwares conhecidos que afetem o Windows ou Mac OS X, como vírus, worms, cavalos de Troia e antivírus falsos.

O software utiliza definições de malware que são atualizadas regularmente. Quando os usuários compram o programa, ele inclui uma assinatura de um ano para os updates de definição de malware da Intego (as renovações de assinatura custarão cerca de 2 dólares por ano).

Segundo a empresa, o programa verifica arquivos ZIP, "limpa" arquivos infectados, realiza buscas em sites por URLs de phishing, ameaças web e hosting de malware conhecidos. Todas as verificações são iniciadas e completadas em segundo plano.

O VirusBarrier iOS está disponível na App Store por 3 dólares.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail