Home > Notícias

Novos bots são capazes de gerar até 600 mil spams por dia

TRACElabs diz que os mais eficientes malwares que criam PCs zumbis enviam até 25 mil spams por hora de cada máquina.

Redação do Computerworld / EUA

22/04/2009 às 18h21

Foto:

Alguns PCs infectados com bots podem produzir até 25 mil spams por hora, totalizando 600 mil por dia, afirma estudo da TRACElabs nesta quarta-feira (22/04).

A empresa Marshal8e6 infectou, de propósito, os PCs do laboratório de seu braço de pesquisa, a TRACElabs, com os bots - malwares que criam PCs 'zumbis' - responsáveis pelas 9 maiores redes de botnets do mundo, e observou o comportamento.

A TRACElabs concluiu que o Rustock e o Xarvester são os bots mais eficientes, espalhando até 25 mil mensagens não-solicitadas a cada hora, e responsáveis por 26% e 8% por todo o spam gerado no primeiro trimestre de 2009, respectivamente.

O Mega-D também aparece na lista, e é um dos que tiveram benefícios quando a rede de botnets McColo foi tirada do ar no fim de 2008 - ele enviou, no período citado, 22% de todo o spam mundial.

Ainda falando em participação no universo de spams, o bot da rede Pushdo foi responsável por 18% dos spams enviados nos primeiros três meses do ano.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail