Home > Notícias

NTT DoCoMo desligará rede de dados 2G em apenas três anos

Assinantes de serviços 3G são 88% dos 54 milhões de clientes da NTT. Restante será estimulado a substituir plano 2G até 2012.

IDG News Service / Japão

30/01/2009 às 10h04

Foto:

A operadora de telefonia japonesa NTT DoCoMo desligará sua rede 2G em três anos, anunciou a empresa nesta sexta-feira (30/01).

A NTT DoCoMo foi a primeira no mundo a lançar comercialmente o serviço 3G quando lançou sua rede em Tóquio, em outubro de 2001 e, após alguns problemas com a tecnologia, foi beneficiada pela grande adesão de usuários e um modelo de negócios com os fabricantes que garantiu a integração de recursos usando 3G em novos aparelhos.

Com 51% de participação no mercado no país, a companhia lançou seu último telefone 2G em 2004, e, segundo eles, o número de assinantes de serviços 3G ultrapassou o de 2G em meados de 2006.

No fim de 2008, cerca de 88% dos 54 milhões de clientes da operadora estavam em redes 3G. Os 6,7 milhões restantes receberão ofertas para substituir a tecnologia antes da data final, 31 de março de 2012.

A rede 3G da NTT DoCoMo é baseada no padrão WCDMA (Wideband Code Division Multiple Access), que tem se tornado dominante no mundo. Já sua rede de segunda geração é baseada no padrão PDC (Personal Digital Communications), desenvolvida no Japão e nunca utilizada em qualquer outro país.

Durante o anúncio, a NTT divulgou seus resultados dos primeiros nove meses do atual ano fiscal, que cobre de abril a dezembro de 2008. A receita durante o período foi de 3,4 trilhões de ienes - 37,6 bilhões de dólares, uma queda de 4% em relação a 2007. Já o lucro líquido cresceu 16%, para 4,8 milhões de dólares.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail