Home > Notícias

Número de micros em uso no Brasil bate recorde, mas crescimento recua

FGV aponta 50 milhões de máquinas em residências e empresas, mas crescimento nas vendas deverá ficar em 28%, ante 42% de 2007.

Daniela Moreira, editora-assistente do IDG Now!

08/05/2008 às 11h50

Foto:

O Brasil atingiu a marca de 50 milhões de computadores no ambiente doméstico e corporativo em maio de 2008, segundo estudo da Fundação Getúlio Vargas, divulgado nesta quinta-feira (08/05).

O estudo prevê que, durante 2008, sejam vendidos 13,44 milhões de máquinas no país, aumento de 28% em comparação aos 10,5 milhões de PCs comercializados no país durante 2007.

Mesmo quebrando a barreira dos 50 milhões de micros, o índice de crescimento sofreu uma queda em relação ao aumento de 42% na comparação entre as vendas de 2006 e 2007.

Em junho do ano passado, o Brasil tinha uma base instalada de 40 milhões de computadores, de acordo com o mesmo estudo.

A FGV prevê ainda que, caso o Brasil mantenha o ritmo de crescimento da sua base instalada de computadores, o país romperá a marca de 100 milhões de máquinas entre os anos de 2011 e 2012.

Entre os softwares instalados, a Microsoft mantém sua dominação da base instalada brasileira, com penetração de mais de 92% do pacote de produtividade Office, 97% do sistema operacional Windows e 92% do browser Internet Explorer.

A pesquisa ainda aponta que o investimento médio das empresas nacionais em TI chegou a 5,7% da receita líquida, com custo médio por teclado subindo para 10,3 mil dólares. 

Outros destaques do IDG Now!:
> Tecnologias que completaram 25 anos
> Como serão os notebooks em 2015
> Veja os clones do iPhone
> Câmeras bem digitais bizarras
> Conheça 27 teclados curiosos
> 8 celulares do futuro

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail