Home > Notícias

Nvidia sofre processo por violação de segurança em chips gráficos

Nvidia teria ocultado problemas de seus investidores por oito meses, temendo impacto negativo da notícia nos negócios da empresa.

IDG News Service/Cingapura

10/09/2008 às 11h07

Foto:

Uma ação judicial aberta na corte da Califórnia na terça-feira (09/09) alega que a Nvidia violou as leis de segurança dos Estados Unidos e ocultou a existência de defeitos sérios em sua linha de chips gráficos por pelo menos oito meses “em uma série de declarações falsas e enganosas feitas para o público investidor”.

A ação declara que o Chief Executive Officer da Nvidia, Jen-Hsun, e o Chief Financial Officer,Marvin Burkett, sabiam já em novembro de 2007 sobre uma falha existente na embalagem utilizada em alguns dos chips gráficos da companhia. Isso teria causado um alto número de falhas.

A Nvidia não respondeu aos pedidos do IDG News Service para que comentasse a ação judicial.

A Nvidia reconheceu publicamente a falha no dia 2 de julho, quando anunciou que deveria gastar cerca de 200 milhões de dólares para cobrir os custos da garantia relacionada ao problema. Esse anúncio fez com que as ações da empresa caíssem 31%, para 12,98 dólares, reduzindo o valor de mercado da companhia em 3 bilhões de dólares.

O processo contra a Nvidia foi movido pela empresa de advocacia Shalov, Stone, Bonner & Rocco, de Nova York.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail