Home > Notícias

O que ainda não sabemos sobre o Office 2013

Preço, data de lançamento e compatibilidade com aparelhos Android e iOS são algumas das incógnitas na nova versão do pacote de aplicativos de escritório da Microsoft.

Ian Paul, PCWorld EUA

20/07/2012 às 15h19

Foto:

Sabemos que o Microsoft Office 2013 enfatiza a integração com a nuvem com a oferta de assinaturas do Office 365 a usuários domésticos, e que foi otimizado para uso em telas sensíveis ao toque. Mas e quanto às coisas que não sabemos? A Microsoft está mantendo silêncio sobre vários pontos chave, incluindo preço, datas de lançamento e se haverá ou não o suporte a dispositivos Android e iOS no lançamento do Office 2013.

Leia também
» Primeiras impressões: Word 2013
» Primeiras impressões: Outlook 2013
» Primeiras impressões: Microsoft Office 2013 Preview

O que já sabemos

Uma amostra do novo pacote de produtividade foi lançada na semana passada. O Office 2013 é considerado “a maior e mais ambiciosa versão do Office” até hoje, e inclui integração com serviços online como o Facebook, Flickr, SkyDrive e YouTube. A Microsoft também está abrindo o serviço por assinatura Office 365 para os usuários domésticos. Se você assinar o Office 365 Home Premium, poderá rodar o Office 2013 em até 5 PCs, e ainda ganha 60 minutos para chamadas para telefones fixos usando o Skype e 20 GB de espaço extra para armazenamento de documentos no SkyDrive. 

O pacote Office 365 Premium inclui o Access, Excel, OneNote, Outlook, PowerPoint, Publisher e Word 2013. Assinantes do Office 365 também poderão usar um recurso chamado Office on Demand, com o qual podem fazer “streaming” de uma cópia do Office para qualquer PC conectado à internet. Quando você termina de usar o programa ele desaparece do PC, mas todos os arquivos que você criou ou modificou permanecem onde você os salvou.

O Office 2013 também será oferecido em DVDs, como as versões anteriores, caso você não se interesse por uma assinatura do Office 365 e prefira instalar programas “da maneira antiga”.

Quando o Office 2013 será lançado?

A Microsoft não diz quando o Office 2013 e o Office 365 serão lançados. Mas considerando o “2013” no nome, é seguro apostar que isso não acontecerá até o próximo ano. A Microsoft lançou o Office 2010, atualmente a versão mais recente do pacote de aplicativos, em junho de 2010, sete meses após o lançamento da primeira versão beta. Com isso, estima-se que o Office 2013 deva chegar às lojas por volta de fevereiro do ano que vem.

Quanto o Office 2013 irá custar?

A Microsoft ainda não mencionou preços, nem das versões “na caixa” nem da assinatura via Office 365. Considerando que uma caixa do Office 2010 Home and Student com três licenças custa R$ 199, estimamos que esse é um bom palpite quanto ao preço de uma versão equivalente do Office 2013.

Os aplicativos web irão funcionar corretamente no Android e iOS?

A Microsoft afirma que quaisquer recursos do Office 365 que possam ser acessados em um navegador irão funcionar em aparelhos com Android e iOS. Mas ainda não está claro o que isso significa exatamente. As versões atuais das Office Web Apps não permitem a edição de documentos usando um tablet ou smartphone. Nestes aparelhos, tudo o que você pode fazer com a versão atual do Office 365 é acessar seu e-mail, calendário, contatos e lista de tarefas usando a versão Online do Microsoft Exchange, ou visualizar documentos usando o SharePoint.

Haverá aplicativos para o Android e iOS?

Ouvimos rumores indicando que aplicativos nativos para o iOS (e possivelmente Android) estarão disponíveis como parte do pacote de assinatura do Office 365 quando o Office 2013 for lançado. O jornalista Paul Thurrot, especialista na Microsoft, sugere que os aplicativos Android e iOS podem até contar no limite de cinco cópias do Office 365. A Microsoft já oferece uma versão do OneNote para iOS e Android, e rumores de um Office para iPad vem circulando já há algum tempo.

Quanto tempo até todo o pacote adotar o visual Metro?

Até agora só há um aplicativo Metro no Office 2013 Preview, o OneNote. Os outros aplicativos sofrem clara influência da nova linguagem de design, mas ainda rodam no tradicional ambiente desktop. A Microsoft ainda não parece pronta a fazer todo o pacote Office adotar a nova interface do Windows 8, e mesmo o OneNote ainda tem uma versão desktop. Mas é inevitável imaginar que nos próximos anos a Microsoft apresente, gradualmente, versões Metro de todos os programas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail