Home > Dicas

O que é preciso levar em conta antes de comprar um notebook?

Com tantas opções de configuração disponíveis, fica difícil escolher o modelo mais adequado. Aqui vão algumas dicas.

Redação da PC World

15/04/2008 às 19h06

destaque_150.jpg
Foto:

destaque_150
Dúvida do leitor Ronaldo Carneiro, recebida por e-mail
"Gostaria de informações que me orientassem na compra de um notebook. RAM: 1 gigabyte de memória; HD com 120GB ou 80GB. Tudo isto deixa a gente confuso sobre o que realmente é necessário. Para evitar grandes gastos e equívocos, se fosse possível, gostaria de receber alguma ajuda. Grato"

PC WORLD: A preocupação desse leitor é mais comum do que se imagina. Basta abrir qualquer jornal de grande circulação ou mesmo uma busca rápida da internet para descobrir que, se o tema é notebook, a quantidade - e principalmente - a diversidade de fabricantes, modelos e configurações são suficientes para deixar qualquer um confuso.

Para começar, é preciso ter em mente o tipo de uso que se deseja fazer com o equipamento a ser comprado e definir o orçamento que se tem para gastar.

Grana curta
Se o perfil de utilização do portátil será para atividades como acesso à internet, e-mail, edição de documentos e planilhas eletrônicas, ouvir música e eventualmente assistir filmes em DVD, máquinas de baixo custo - com preços que giram em torno de 1.500 reais dão conta do recado.

Leia também:
> Crie seus próprios jogos com este software gratuito
> Sai a versão em português do Vista SP1; baixe
> Coloque ordem nos favoritos do seu programa navegador
> Galeria mostra PCs que são feitos até de ouro
> Vai comprar um GPS? Testamos oito modelos; confira
> O que você precisa saber para comprar uma impressora

Em geral, elas vêm com 512MB de RAM (com possibilidade de expansão) e equipadas com processador modesto - mas há modelos que são oferecidos com 1GB; caso um destes caiba no seu orçamento, fique com ele.

destaque_150_baixo_custo


 Confira aqui sugestões de notebooks de baixo custo

Fatores que merecem atenção:

  • autonomia da bateria (quanto mais melhor, ou você vai precisar sempre ter uma tomada por perto)
  • verique se o modelo vem com DVD de recuperação do sistema, muito útil em caso de pane no HD
  • rede de assistência técnica e suporte
  • se permitir acesso a redes sem fio, melhor

++++

Vai jogar?
Quem pretente usar o portátil para aplicações multimídia ou que exijam grande capacidade de processamento precisa partir para um notebook que venha com chip de núcleo duplo (dual core ou equivalente) e pelo menos 2 GB de memória RAM. Nem é preciso dizer que quanto mais espaço no disco rígido melhor.

destaque_150_multimidia


Confira aqui algumas sugestões de notebooks multimídia

Por um equipamento com esse tipo de perfil, esteja preparado para desembolsar entre 2.700 reais e 4 mil reais. Se optar por um notebook equipado com uma placa gráfica mais poderosa, saiba que esse preço sobre fácil para além dos 5 mil reais.

Para trabalhar a sério

É provável que para a maioria dos usuários finais que apenas deseja trocar o desktop por um notebook, os equipamentos de baixo custo resolvam. Mas saiba que máquinas projetadas especificamente para uso profissional costumam oferecer componentes adicionais importantes, entre os quais destacamos segurança e mobilidade, e vêm com processadores de dois núcles.

Leia também:
> Crie seus próprios jogos com este software gratuito
> Sai a versão em português do Vista SP1; baixe
> Coloque ordem nos favoritos do seu programa navegador
> Galeria mostra PCs que são feitos até de ouro
> Vai comprar um GPS? Testamos oito modelos; confira
> O que você precisa saber para comprar uma impressora

Essa categoria de notebooks dá muita importância à mobilidade e costuma oferecer baterias com mais autonomia - pelo menos 3,5 horas, algumas até mais do que isso.  O preço: entre 3 mil e 5 mil reais.

destaque_150_corporativo


Confira aqui algumas sugestões de notebooks corporativos

Para garantir segurança dos dados, é comum encontrar soluções de biometria (leitura das digitais) nos portáteis de uso corporativo. Há também modelos que trazem o chip TPM (trusted plataform modules) na placa-mãe; com ele, todas as informações são criptografadas sem que o usuário precise fazer nada.

++++

Mobilidade custa caro
Quem não gostaria de ter um notebook ultraportátil que atire a primeira pedra. Essas máquinas pesam pouco mais de 1kg e suas telas medem menos de  12 polegadas. Para garantir o baixo consumo da bateria (e melhorar sua autonomia), vêm com chips de dois núcleos ULV
(Ultra Low Voltage) que, combinado ao vídeo de tamanho reduzido, podem ficar até 4 horas longe de uma tomada tranquilamente.

destaque_150


Confira aqui algumas sugestões de notebooks ultrportáteis

Mesmo com um tamanho tão reduzido, muitos ultraportáteis têm os mesmos itens dos portáteis coorporativos, inclusive espaço para
o gravador de DVD. A diferença? Muito mais conforto para transportá-lo.

Se o tamanho é pequeno, o mesmo não se pode dize do preço. Os modelos mais em conta não saem por menor de 3,5 mil reais, podendo facilmente
chegar a 10 mil reais, que trazem recursos de Tablets, com tela sensível ao toque, que podem ser giradas
sobre o teclado, transformando-os em uma espécie de caderno eletrônico.

duvida_leitor_40
> Tem uma dúvida? Então escreva para a Redação da PC World

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail