Home > Dicas

Notebooks baratos têm restrições de harware e podem frustrar usuário

Portáteis de até 2 mil reais têm configurações modestas. Saiba como escolher para não ter surpresas depois.

René Ribeiro, analista de testes da PC World

10/06/2008 às 12h52

notebook_barato_150.jpg
Foto:

notebook_barato_150Notebooks que custam menos de 2 mil reais não são difíceis de encontrar. Você chega à loja e dá de cara com diversos modelos cujo preço é pra lá de atraente. Os dedos coçam e a tendência é escolher o laptop mais em conta. Mas surge a dúvida: será que vale a pena? Como saber? Fazer essa pergunta ao vendedor é perda de tempo.

Melhor mesmo é se munir de informações - e quanto mais, melhor. Para começar, saiba que o portátil de baixo custo tem configuração modesta. Assim, é necessário ter em mente que você vai comprá-lo para executar tarefas também mais modestas.

Com restrições de hardware, esse tipo de equipamento se sai bem no acesso a e-mails (usando Outlook, por exemplo), navegar na internet, trabalhar com planilhas, edição de textos, apresentações e até rodar bem um player de música e DVD.

Leia também:
> Conheça os melhores notebooks com banda larga móvel
> Como comprar um multifuncional sem errar
> Impressora a laser ou a jato de tinta: depende do uso
> Vai comprar um desktop? Então leia isso antes
> Dicas importantes para quem vai comprar um notebook

Mas não serve para guardar uma grande coleção de MP3 e filmes em MP4, por exemplo, ou executar um programa gráfico como o Photoshop. A capacidade do HD não é tão grande assim.

Conheça os principais componentes e o que avaliar antes de assinar o cheque para não reclamar depois.

notebook_componentes_150Chip e sistema – Processadores de um núcleo abaixo de 1,8 GHz e memória de 512 MB podem comprometer o desempenho se precisar executar várias tarefas ao mesmo tempo.

Também vale lembrar que o Windows Vista Starter limita o sistema a trabalhar apenas com três aplicações por vez. Lembre dessa informação caso seu objetivo necessite de multitarefa.

notebook_dimensoes_150Dimensões – O tamanho da tela desses notebooks é de 14 ou 15,4 polegadas. A maior área é interessante se você tem planilhas grandes, por exemplo.

Mas é preciso lembrar que as dimensões do equipamento também ficam maiores, cerca de dois centímetros. Parece pouco, mas pode ser um incômodo no momento de carregar e guardar em uma pasta ou mochila.

Isso é válido para portáteis de baixo custo. Modelos high end já possuem telas de 15,4 polegadas com dimensões reduzidas do gabinete. O peso da categoria fica entre 2,3 e 3,1 quilos. Para quem vai carregá-lo com freqüência é um ponto importante a considerar.

++++

notebook_bateria_150Autonomia – A bateria deve ser de íon-lítio. Hoje em dia a maioria já utiliza esse tipo, mas é sempre bom ficar atento. E saiba que, mesmo com esses componentes químicos, que duram mais que as antigas, feitas de níquel metal-hidreto, elas não vão passar de duas horas e meia.

A dica é baixar o brilho do LCD para o menor nível possível, mas que ainda seja possível enxergar o que está na tela com conforto. O motivo é que o display é o principal responsável pelo consumo da bateria, cerca de 45%.

notebook_wireless_150Rede sem fio – Há alguns modelos muito baratos (abaixo de 1.400 reais) que ainda vêm sem circuito de rede Wi-Fi, o que não é nada bom.

Isso pode fazer falta numa viagem, por exemplo, onde você poderia acessar a internet diretamente de seu quarto, no hotel.

notebook_qualidade_150Origem – Há dezenas de fabricantes o mercado e toda e qualquer máquina está sujeita a defeitos. Então é bom fazer uma pesquisa sobre a marca, caso não seja conhecida.

Verifique a garantia e se há assistências técnicas e até atendimento da própria empresa. Garantia e bom número de assistências mostram que a empresa confia no produto.

Essas informações podem ser pesquisadas na internet. Acesse o Google e insira o nome do notebook que você viu no anúncio. Caso o resultado seja pobre ou mesmo o site do fabricante não ofereça informações, fuja da marca.

Outros destaques da PC WORLD:
> Roteadores 802.11n turbinam as redes sem fio; veja o teste
> 14 rivalidades históricas da insdústria de tecnologia
> Buscadores exploram nichos 'esquecidos' pelos gigantes do setor
> iPhone 3G: veja detalhes do novo telefone da Apple

O ideal é que você encontre o site do fabricante e então verifique se há informações de configuração, SAC e área para downloads de atualizações de softwares. Tudo isso garante que você não ficará na mão no momento de uma pane.

Seguindo essas dicas, você pode comprar o notebook de baixo custo investindo apenas o dinheiro necessário e ainda não terá dor de cabeça com panes e garantia.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail