Home > Notícias

O que o novo conector dock do iPhone 5 significa para você

Cerca de 80% menor do que o conector de 30 pinos anterior, novo padrão ajuda a tornar smartphone mais fino e chega para ficar pelos próximos anos.

Macworld / EUA

14/09/2012 às 16h20

Foto:

O iPhone 5 oferece muitas melhorias em relação ao seu antecessor, incluindo uma tela maior, chip com desempenho melhor, conexão 4G/LTE, e uma câmera melhorada. Mas para quem vai fazer o upgrade a partir de um iPhone mais antigo, há uma outra mudança que pode ser mais significativa, ao menos quanto a compatibilidade: um novo conector dock. A Apple acabou com seu conector proprietário de 30 pinos em troca de uma nova alternativa menor de 8 pinos - e também proprietárias. Por que ela fez isso? E o que isso significa para você – e para os seus acessórios? Confira abaixo um olhar mais profundo sobre esse novo conector, chamado de Lightning.

30 pinos por nove anos

O conector de 30 pinos tem sido um padrão para iPods, iPhones e iPads desde que a terceira geração do iPod chegou às lojas, em 2003. Apesar de a maioria dos tocadores/media players oferecerem conectividade USB para carga e dados, essa única entrada da Apple trazia uma variedade de funcionalidades: força, saída de áudio, controle de reprodução, e sincronização rápida de dados estavam entre os recursos iniciais.

Ao longo dos anos, o conector de 30 pinos ganhou alguns recursos (saída de vídeo HD, importação de fotos, e entrada USB, por exemplo) enquanto perdeu outras (carga via FireWire e transferência de dados), mas serviu bem aos usuários – e à Apple. Juntamente com o Dock Universal, o conector de 30 pinos assegurava que se comprássemos um acessório com um conector dock – alto-falantes, docks, carregadores para carros e suportes, etc – esse produto funcionaria com qualquer aparelho portátil mais recente da Apple.

Veja também:

- Primeiras impressões: colocamos as mãos no iPhone 5

- Por que o iPhone 5 não tem carregamento sem fio?

iphone5handson02

Entrada do novo conector: menor do que o padrão anterior de 30 pinos

Mas o conector de 30 pinos não era perfeito. Para começar, ele era um pouco frágil, podendo quebrar o acessório ou, pior, seu iPhone ou iPod sob pressão. O perfil fino e o design de “só encaixa de um jeito” do conector também tornam seu uso mais difícil do que, digamos, uma porta USB padrão: dependendo do aparelho e do acessório, pode ser um desafio alinhar o conector e a entrada (especialmente nos modelos mais recentes do iPad e do iPod Touch, por causa dos seus cantos mais curvados). Por último, o conector de 30 pinos ocupava muito espaço, tanto na parte interna quanto externa, e como os telefones, tablets e tocadores da Apple estão ficando menores e mais finos, esse espaço tornou-se cada vez mais importante.

Primeiro Thunderbolt, agora Lightning

Tudo isso é para dizer que não deveríamos ficar surpresos que a Apple tenha diminuído o conector com os novos iPhone 5 e iPods. Mais especificamente, os novos aparelhos iOS trazem o que a companhia está chamando de conectores Lightning.

O novo conector usa um design de 8 sinais que funciona em qualquer orientação, por isso você não precisa se preocupar se inseriu o plugue errado para cima. A Apple afirma que além de ser mais fácil de usar, o Lightning também é mais durável que seu antecessor. A companhia também descreve o novo conector como todo digital e adaptável, com o último significando que ele usa apenas os sinais particulares que cada acessórios exige.

Assim como o conector de 30 pinos, o Lightning suporta saída de vídeo. A Apple disse à Macworld que os cabos Lightning para HDMI e Lightning para VGA estarão disponíveis “nos próximos meses”.

iphonelightning_390

Obviamente que a outra grande vantagem do conector Lightning é seu tamanho: ele é 80% menor que o conector de 30 pinos, o que significa que o espaço exigido no seu aparelho para acomodar o novo plug é menor na mesma proporção. O novo conector menor é parte da razão pela qual o novo iPhone 5 é 20% mais fino do que o anterior 4S. (A outra parte dessa equação é que os sensores touch da tela do smartphone agora são integrados ao display, o que torna a própria tela mais fina.)

Adaptar ou comprar

Mais fácil de usar, mais firme e menor – o que há para não gostar? O ponto negativo dessa mudança é que o novo conector Lightning torna os aparelhos anteriores da Apple incompatíveis com os milhares de acessórios com conector de 30 pinos no mercado e nas casas das pessoas. A Apple inclui com os novos iPhones 5 e iPods um cable USB para conector Lightning, mas nenhum adaptador para usar os novos aparelhos com os acessórios antigos.

Se você possui acessórios mais caros que não quer ou pode substituir no momento, a Apple oferece um adaptador do Lightning para 30 pinos (30 dólares), que permite conectar seus acessórios antigos de 30 pinos com o novo iPhone 5 e os novos iPods. (Cabos extras de Lightning para USB serão vendidos por 19 dólares cada).

A Apple confirmou à Macworld que esses adaptadores suportam saída de áudio USB e analógico, assim como sincronização e carregamento. No entanto, os adaptadores não suportam saída de vídeo ou o modo iPod, um modo especial que permite que acessórios específicos, como sons de carro e alguns sistemas de áudio, exibam seus menus do iPod na tela do próprio acessório. Mais secretamente, as páginas da Apple Store notam que “alguns acessórios de 30 pinos não são suportados”.

Os leitores mais atentos podem ter percebido que o conector Lightning não suporta saída de áudio analógico, mas os adaptadores de 30 pinos sim. Isso acontece porque dentro do conector de 30 pinos há um conversor do digital para analógico (DAC) que converte o sinal digital do LIghtning para uma versão analógica. (A inclusão de um DAC explica ao menos em parte o preço dos adaptadores.)

Também há a preocupação de que usar um iPhone 5 com um acessório mais antigo de 30 pinos arrisca colocar muita pressão tanto na saída Lightning do iPhone 5 assim como no conector dock do acessório por causa do peso extra adicionado pelo comprimento do adaptador. Em breve veremos se essa preocupação é válida assim que começarmos a testar o novo iPhone 5 e os adaptadores.

Obviamente, se você não gosta de adaptadores, ou se estava pensando em comprar novos acessórios de qualquer maneira, a Apple nota que as companhias já estão trabalhando em acessórios para o Lightning. Durante o evento da semana passada, o vice-presidente sênior da empresa, Phil Schiller, mencionou especificamente Bose, JBL, Bowers & Wilkins, e Band & Olufsen. 

Além disso, vale notar que a Apple lançou um adaptador do Lightning para Micro USB, presumivelmente para cumprir as exigências da União Europeia. Esse adaptador possui suporte apenas para carregamento e sincronização.

Mais wireless, mas ainda com cabos

O que talvez seja mais interessante sobre a mudança para o novo conector Lightning é que ela reflete mudanças nas maneiras como estamos usando nossos iPhones e iPods. Como Schiller notou durante o evento, “Muita coisa mudou e muitas das coisas que costumávamos fazer com cabos agora podem ser feitas via wireless. Bluetooth para alto-falantes e fones de ouvido; Wi-Fi para áudio e sincronização; e iCloud para baixar conteúdo via wireless e fazer backup.” Em outras palavras, a Apple não acha que nós precisamos tanto assim de conexões físicas.

lumia920wirelesscharge.jpeg

Novo Lumia 920 possui carregamento sem fio

Mesmo assim, as conexões físicas continuam necessárias para carregar os aparelhos, sincronização mais rápida, e a melhor qualidade de áudio, para citar algumas funções. Até que a recarga via wireless, como a do novo Nokia Lumia 920, torne-se algo comum, e possa ser adicionada sem tornar o iPhone significativamente mais grosso, estamos "presos" com os cabos. E como Schiller disse ao All Things D, "esse é o novo conector pelos próximos muitos anos". 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail