Home > Notícias

Obama considera inaceitável EUA serem 15º em adoção à banda larga

O presidente eleito detalha plano ambicioso de levar internet a todas as crianças e hospitais nos EUA com tecnologia de ponta.

IDG News Service/Japão

08/12/2008 às 8h25

Foto:

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, detalhou um ambicioso plano para conectar todas as crianças e hospitais norte-americanos à internet, usando “tecnologia de ponta”.

Com isso, o presidente eleito espera criar ou poupar aproximadamente 2,5 milhões de empregos ao longo dos próximos dois anos.

“É inaceitável que os EUA estejam em 15º lugar no ranking de adoção à banda larga”, disse. “Aqui, no país que inventou a Internet, cada criança deveria ter a chance de usar a rede, e elas terão essa chance quando eu for presidente, pois é assim que vamos reforçar a competitividade da América no mundo”, afirmou, em discurso postado no site da equipe de transição, Change.gov.

Ele também prometeu modernizar as escolas norte-americanas, instalando novos sistemas de iluminação e aquecimento, além de comprar novos computadores para as salas de aula. Além de conectar as escolas do país, hospitais e bibliotecas em geral terão conexão com a rede mundial de computadores.

“Vamos nos certificar que cada consultório médico e hospital deste país tenham tecnologia de ponta e prontuários médicos eletrônicos, que ajudarão a reduzir erros médicos e economizar bilhões de dólares anualmente.”

Obama, no entanto, não detalhou como essas melhorias serão pagas pelo governo. Espera-se que ele detalhe o financiamento das obras públicas nas próximas semanas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail