Home > Notícias

Oito em cada dez consumidores compraram CDs piratas em 2008

Quase 50% dos entrevistados pela Fecomércio-RJ comprou produtos piratas, totalizando 8 milhões a mais em comparação com 2007.

Redação do IDG Now!

22/01/2009 às 15h42

Foto:

Em 2008, o Brasil ganhou mais 8 milhões de consumidores de produtos piratas, segundo levantamento da Fecomércio-RJ, criado em parceria com a Ipsos Public Affairs.

O levantamento foi realizado em mil domicílios de 70 cidades brasileiras. Dos entrevistados, 47% confessaram ter adquirido algum produto pirata no ano passado, cinco pontos percentuais além dos 42% registrados em 2007.

O maior salto ficou para a categoria DVDs, cuja aquisição foi de 53% para 69%. O produto pirata mais comprado, contudo, é o CD, que registrou 83% das escolhas dos usuários - menos que o total de 86% do ano passado. No ano passado, a Associação Brasileira de Software apreendeu 1,6 milhão de softwares piratas.

A pesquisa aponta que, em 2008, apenas 3% dos entrevistados consumiram eletrônicos piratas. O número é baixo, mas cresceu em comparação com 2006 e 2007, que somaram 1% e 2%, respectivamente.

O curioso é que 15% dos entrevistados afirmaram adquirir produtos piratas por ser mais fácil de encontrá-los - um grande aumento na justificativa, usada apenas por 7% dos consumidores em 2007.

O preço mais barato é outro fator que incentiva a aquisição de produtos falsos - 94% optam pelo pirata por esta razão. Apenas 5% não escolhem a pirataria por medo de serem punidos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail