Home > Notícias

Operários são contaminados com substância química do iPhone 4G

Trabalhadores chineses da unidade de produção da Apple em Jiangsu foram parar no hospital; fábrica tem problemas de ventilação.

Redação da Macworld Brasil

11/05/2010 às 11h29

Foto:

Pelo menos 62 funcionários chineses que trabalham para a Apple na produção do iPhone 4G (celular que deve ser lançado pela empresa de Steve Jobs no mês que vem) tiveram que ser hospitalizados.

Segundo a imprensa chinesa, eles foram vítimas de intoxicação por substâncias químicas utilizadas na fabricação das telas sensíveis ao toque do smartphone. Eles trabalham na Wintek, empresa que fabrica equipamentos para a Apple.

No local, foram encontradas más condições de ventilação, o que colaborou para sintomas como dor de cabeça, tontura, além da perda de sensibilidade nas mãos. Os problemas começaram após eles terem manipulado uma substância conhecida como n-Hexane.

Em fevereiro, um jornalista da Reuters foi agredido por guardas do lado de fora de uma fábrica da Foxconn na China, que produz o iPhone 4G. Segundo a agência de notícias, ele tinha recebido a informação sobre a produção de novos produtos para a Apple e foi investigar a fábrica, localizada em Guanlan.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail