Home > Notícias

Opinião: 5 razões para ignorar o Galaxy Tab e ficar com o iPad

Tablet da Samsung é um bom adversário, mas o tablet da Apple ainda é a melhor escolha; confira os motivos

Tony Bradley - PC World/EUA

20/09/2010 às 17h40

Foto:

O Galaxy Tab, da Samsung, é o primeiro tablet lançado no mercado que surge como uma alternativa real ou mesmo como ameaça ao trono do iPad, da Apple.

Mesmo parecendo um equipamento formidável, ainda há algumas razões pelas quais o uso desse dispositivo Android é desencorajado, quando comparado ao tablet de Steve Jobs.

1. Tela
Com 9,7 polegadas, o iPad tem uma tela melhor do que a de 7 polegadas  Galaxy Tab, disponibilizando mais espaço para desenvolvedores trabalharem na criação de aplicativos que potencializam os recursos e funções do dispositivo. O display do iPad inclusive, possui uma resolução um pouco melhor (1024x768), comparado à tela do dispositivo da Samsung (1024x600).

2. Bateria
Um dos pontos críticos de dispositivos móveis é quanto tempo ele vai funcionar com uma única carga. A Samsung informa que a capacidade do Galaxy Tab é de até 7 horas de exibição de vídeo, enquanto o iPad da Apple consegue exibir até 10 horas. 

A maioria dos executivos talvez não fique constantemente executando vídeos o dia inteiro, mas o número é simplesmente teórico e a vida útil da bateria vai variar dependendo de como o tablet é usado. No geral, o iPad tem uma chance significativamente maior de sobrevier por um dia inteiro enquanto o Galaxy Tab pode esgotar e apagar antes do pôr-do-sol.

Veja também:
Duelo de tablets: iPad x Galaxy Tab (http://migre.me/1mltd)

3. Contrato
Nos Estados Unidos, o iPad está associado à rede da AT&T, mas você não está totalmente preso dessa operadora . A Apple negociou um acordo que permite aos usuários de iPad com recurso 3G a comprarem esse acesso sem fio livremente, sem nenhum contrato. O Samsung Galaxy Tab, em contrapartida, será oferecido a partir das quatro maiores operadoras, utilizando o mesmo modelo de preço subsidiado dos smarphones, com a exigência de contratos de longa duração. Os detalhes ainda não estão disponíveis, mas isso significa assinar um contrato de dois anos com pagamentos mensais por um plano de dados 3G (ou 4G)  que  o usuário pode ou não precisar sempre.

 

ipadchina.jpg

Mesmo com o novo concorrente, iPad continua uma melhor opção

 

4. Preço
Graças aos subsídios das operadoras, o Galaxy Tab deve custar entre 200 e 300 dólares , dependendo do provedor. Contratando um plano de dados mensal mínimo de 25 dólares, contudo, dentro de um contrato de 2 anos, isso representa um encargo adicional de 600 dólares ao final do período, e isso faz com que  o preço final seja no mínimo 800 dólares.

Entretanto, os usuários podem escolher por abandonar o subsídio e comprar o aparelho sem o contrato. A Samsung também anunciou que a versão somente com o Wi-Fi deve chegar em breve e que, aparentemente, não deve ser subsidiado ou bloqueado por nenhuma operadora wireless, mas isso também significa abandonar o subsídio da operadora.

Baseado no que se sabe sobre o preço dos modelos desbloqueados do Galax Tab, o modelo sem o subsídio deve custar algo próximo de 1000 dólares, uma proposta muito mais cara comparada aos 499 dólares do iPad só com Wi-Fi. 

5. Tradição de aplicativos
O Android está cultivando uma cultura própria de aplicações, mas não é tão madura quanto a “iCulture” da Apple. A Apple tem um modelo de negócios que começa com o iPod fisgando pessoas para dentro do iTunes e a cultura da Apple, que por fim evolui para o iPod touch que, por sua vez, apresenta a App Store.

A partir do momento  em que usuários novos estão prontos para fazer parte do mundo dos smartphones e dos tablets, eles terão investido em uma vasta biblioteca de apps, e são doutrinados nos recursos e convenções do “iCulture”.

Claro que a história do outro lado também é animadora. O Android tem tido um desenvolvimento meteórico no mercado de smartphones, e milhões de usuários que optaram pelos celulares Android podem pender para o Galaxy Tab como reflexo para acompanhar o que foi feito e o que sabem e maximizar o investimento nos aplicativos Android.

 

Há também uma variedade de fatores que fazem o Galaxy Tab uma escolha melhor. Contudo, os preços dos tablets destravados somente com Wi-Fi da Samsung, ou o custo total da assinatura com obrigações contratuais em alguns planos de dados mínimos ofuscam o barulho feito pelo Galaxy Tab.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail