Home > Notícias

Opinião: o iTunes precisa com urgência de correções

Poucos dias antes da coletiva de imprensa sobre música da Apple, vale lembrar Steve Jobs que integração com mídias sociais não é a prioridade

Jared Newman

27/08/2010 às 16h09

Foto:

Como era de se esperar, não param de surgir rumores a respeito da conferência de imprensa da Apple anunciada para dia 1/9; boatos sobre iPod, iPad, o iTunes e mesmo sobre a ITV. Não há um melhor momento para sentar ao lado de Steve Jobs e "fazê-lo ouvir" algumas recomendações dos usuários. 

Enquanto os mais animados esperam pacientemente para contar quantos desses boatos não passavam de pura fantasia, há algumas recomendações que poderiam ser feitas: Apple, não se preocupe tanto a respeito da integração social com a música, da maneira como apontam os relatos do MediaMemo, e disponibilize uma versão do iTunes que não seja abominável.

Não há como se preocupar menos com os recursos sociais que podem surgir. Surgirão links mais fáceis e recomendações pelo Facebook e Twitter, mas continuaremos sem a possibilidade de ouvir uma música antes sem ter que comprá-la primeiro? Há poucas pessoas em que se pode confiar na hora de comprar uma música somente no verbo, e o Twitter e o Facebook, com uma timeline cheia de opiniões sobre bom gosto, é completamente dispensável. 

 

itunes_dest_300

A lentidão e a desorganização tanto do player quanto da iTunes Store são questões que deveriam ser revistas

Enquanto isso, o atual software do iTunes é lento e inchado. O programa às vezes demora 20 segundos para iniciar, e é apenas devido à grande fortuna que a Apple não está investindo para o usuário baixar outra atualização de software. Quando o update ocorre, o iTunes “invade” a instalação do Safari, mesmo que o usuário desabilite isso durante o processo. As intenções são boas, mas player age como se fosse um malware. 

Carregar a iTunes Store leva outros 15 segundos, e durante esse processo o software congela periodicamente. O motivo? Para carregar um monte de músicas e filmes que nem todos  estão interessados. Pelo menos a Apple possui a função Genius, que reconhece os gostos musicais de todos, certo? Mas por que a primeira coisa que aparece na iTunes Store é a Kate Perry? A busca ainda permanece como a melhor maneira para realmente encontrar o que se deseja, mas é igualmente demorada e propícia a congelamentos. 

A maioria das pessoas espera um bom funcionamento e o mínimo de problemas com os produtos da Apple, mas o iTunes não é apenas uma anomalia, é uma vergonha. Estamos todos contentes com a notícia de que a conferência no dia 1/9 possa trazer revisões em relação à web no iTunes.

O ponto positivo sobre os aplicativos web é que eles não demoram para abrir, raramente travam todo o computador durante a operação e fazem updates automaticamente. O MediaMemo diz que música por streaming não fará parte do novo iTunes, mas em relação a isso, tudo bem. A prioridade máxima da Apple deveria ser consertar a parte "quebrada" de seu software.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail