Home > Notícias

Opinião: Vender 3 milhões de iPads no fim de semana é mesmo impressionante?

O número é certamente relevante, porém pode ser apenas uma questão de proporção, frente aos outros lançamentos da empresa

Lex Friedman, Macworld/EUA

20/03/2012 às 18h19

Foto:

O quão impressionante é a marca de 3 milhões de iPads vendidos alcançada pela Apple no primeiro fim de semana que o novo tablet da empresa foi disponibilizado para vendas? Definitivamente, é muito notável. 

Na verdade, é um fim de semana recorde de lançamentos de iPad, de acordo com Phill Schiller, vice-presidente de marketing global da Apple. “O novo iPad é um sucesso de três milhões de vendas - o maior lançamento até hoje”. afirmou o executivo, em uma declaração recente. “Os usuários estão adorando os recursos do novo iPad, incluindo o fantástico Retina display, e não podemos esperar para colocá-los nas mãos de cada vez mais consumidores do mundo nesta sexta-feira (23/3)”. 

Leia mais
Review: Novo iPad traz grandes novidades, mas é apenas "evolucionário" 
Novo iPad esquenta 5 graus a mais do que antecessor, aponta site
Apple nega problema de superaquecimento do novo iPad

O iPad original foi um sucesso quando foi apresentado há dois anos, porém foram necessários 28 dias para que ele pudesse alcançar 1 milhão de vendas. A primeira versão, depois de dois meses, chegou a 2 milhões de vendas, e mais de 80 dias se passaram para que mais de três milhões de unidades saíssem das lojas da Apple. 

No entanto, é preciso observar algumas ressalvas em relação ao lançamento da terceira geração. O primeiro iPad estava disponível apenas nos EUA, e demorou quase dois meses para que a Apple o lançasse em outras partes do mundo. Em contrapartida, o novo iPad foi vendido em dez países nessa sexta-feira (16/3) e, durante esta semana, chegará a mais 25 outras nações.  

novoipad_390.jpg

Vendas do novo iPad foram recorde? Depende do ponto de vista

A Apple nunca divulgou com exatidão os números das vendas do lançamento do iPad , porém há outro dispositivo iOS que pode servir como comparação: o iPhone 4S. O fim de semana inicial das vendas no ano passado registrou mais de 4 milhões de unidades vendidas, e o iPhone foi, obviamente, um sucesso tremendo - o smartphone foi à venda em sete países na sua primeira data de lançamento. O iPhone 4, por sua vez, vendeu 1.7 milhão de unidades em seu final de semana inicial.

Um fator que pode colocar em contexto as vendas iniciais do iPhone 4S e do novo iPad: o smartphone foi o primeiro novo lançamento na linha da empresa em 16 meses, enquanto que o novo modelo do tablet chegou cerca de um ano depois do iPad 2, ou seja, a demanda pelo iPhone 4S era muito maior, com a própria Apple afirmando que os consumidores pareciam segurar as carteiras e evitar de comprar iPhones no segundo semestre de 2011 para adquirirem a nova versão. 

O aparelho, ao fechamento dessa reportagem, está com previsão de entrega de duas a três semanas nos EUA e, por enquanto, não há data específica para a chegada do tablet ao Brasil. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail