Home > Notícias

Panasonic apresenta tablets robustos que também fazem chamadas

“Phablets” da família Toughpad são capazes de resistir à água, poeira, impactos e temperaturas extremas.

Tim Hornyak, IDG News Service

24/02/2014 às 12h42

Toughpad_FZE1-435px.jpg
Foto:

A Panasonic está lançando dois tablets com recursos de telefonia e robustecidos, que podem sobreviver a tombos ou mergulhos. Membros da família Toughpad, eles são voltados para profissionais da construção civil, médicos de campo, forças de segurança, equipes de entrega ou outros profissionais que precisem de acesso à tecnologia em situações inóspitas para um eletrônico comum.

Eles parecem tão durões quanto um tijolo, e pesam cerca de 430 gramas. Além da resistência à água e poeira, os Toughpad podem resistir a quedas contra um piso de concreto de uma altura de até 3 metros, e podem ser submersos a até 1 metro e meio de profundidade por até 30 minutos. Suas telas não irão rachar mesmo que uma esfera de aço de 400 gramas seja derrubada sobre elas.

A resistência a quedas e impactos está de acordo com a especificação MIL-STD-810G do exército norte-americano, e o aparelho pode operar em temperaturas de -20 a 60 graus centígrados, de acordo com a Panasonic.

Os tablets também tem um sistema de alto-falantes de 100 decibéis (tão alto quando o motor de uma motocicleta), uma bateria com autonomia para 14 horas e um sistema que permite trocar a bateria sem desligar o aparelho, já que mesmo com ela removida ele pode operar por alguns minutos. Outros recursos incluem interfaces Wi-Fi, Bluetooth, NFC, USB 2.0, uma porta micro USB e um slot micro SD. O gabinete tem um leitor de código de barras integrado e na traseira há uma câmera de 8 MP.

O modelo FZ-E1 roda o Windows Embedded 8 Handheld em um processador Qualcomm de 2.3 GHz, e o FZ-X1 roda o Android 4.2.2 em um processador Qualcomm de 1.7 GHz. Eles são os primeiros tablets da família Toughpad que tem 3G e LTE integrado. A linha inclui sete outros modelos, com tamanhos de tela de variam de 7 a 20 polegadas.

Como também integram recursos de telefonia, tecnicamente os dois novos tablets podem ser considerados “phablets”, categoria que inclui produtos não tão resistentes como o Galaxy Note 3, da Samsung, ou Xperia Z Ultra, da Sony.

Os ToughPad chegam às lojas primeiro no Japão, com preço estimado em US$ 1.268, segundo a Panasonic. O FZ-E1 será lançado em junho, e o FZ-X1 em agosto. A empresa tem planos para um lançamento no mercado internacional, mas ainda não se decidiu por uma data.

“Acreditamos que haverá uma demanda crescente no mercado por um tablet pequeno com recursos de telefonia”, disse Yasuharu Enda, um porta-voz da Panasonic System Networks, que desenvolveu os novos Toughpad. “Eles substituem a necessidade de lidar com um tablet e um smartphone separadamente”.

A Panasonic enfatiza que seus Toughpad podem ser customizados de acordo com as necessidades do usuário: “Decidimos usar o Windows Embedded 8 Handheld em vez do Windows Phone 8 porque ele oferece mais possibilidade de customização”, diz Masaki Mutou, gerente geral de unidade de terminais da Panasonic System Networks, durante uma conferência de imprensa em Tóquio.

Um protótipo do Toughpad para o mercado europeu está sendo mostrado durante o Mobile World Congress 2014, feira de tecnologia que acontece em Barcelona, Espanha, durante esta semana.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail