Home > Notícias

Panasonic apresenta tecnologias para a casa ecologicamente correta

Casa dependerá menos de ar condicionado e terá iluminação controlada por sensores, que ajustarão sozinhas a luz de um ambiente

IDG News Service / Japão

15/04/2009 às 11h40

Foto:

A Panasonic mostrou nesta quarta-feira (15/04), em Tóquio, sua visão de como será uma casa ecologicamente correta, em um futuro não tão distante assim. A residência deverá ser espaçosa o suficiente para depender menos de ar condicionado, por exemplo, e terá iluminação feita por lâmpadas LED, que consomem menos energia que as luzes comuns ou fluorescentes.

As luzes podem ser controladas por sensores que medem a quantidade de luz entrando no ambiente e ajustam a iluminação automaticamente para compensar a variação. Ao meio dia, por exemplo, as luzes são praticamente desligadas, enquanto no fim da tarde elas vão lentamente se ajustando para iluminar melhor a casa.

Para economizar com aquecimento e ar condicionado, foi aplicado um filme especial isolante nas paredes, chamado U-Vacua, que pode ser usado para reter ou dissipar o calor. No jardim, há células de combustível que se abastecem automaticamente, misturando hidrogênio com os gases da cidade para criara eletricidade.

No teto existem painéis solares e não se desperdiça nada da energia produzida - ela é armazenada num acumulador, feito de baterias de íon-lítio. Todos os recursos podem ser controlados a partir da sala de estar, já que eles estarão conectados a uma rede que pode ser acessada a partir da TV.

O objetivo é que as casas sejam praticamente neutras em suas emissões de carbono. Apesar de muitos dos recursos possam soar como futuristas demais, a Panasonic afirma que não será preciso esperar muito por essas tecnologias, que devem chegar ao mercado em 3 a 5 anos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail