Home > Notícias

Para Greenpeace energias sustentáveis aumentarão demanda por software

Greenpeace diz que softwares vão ajudar no gerenciamento da distribuição de eletricidade de fontes renováveis como sol e vento

IDG News Service / Índia

27/03/2009 às 8h14

Foto:

Conforme os países restruturam seus setores de eletricidade para incluir mais fontes renováveis de energia, a demanda por softwares de gerenciamento terá um grande crescimento, disse um porta-voz do Greenpeace.

No ano passado o Greenpeace divulgou um projeto chamado "Energy [R]evolution", que prevê a redução da emissão de carbono na atmosfera em 50% até 2050 por meio do uso de fontes renováveis de energia - como o vento ou o sol.

Porém, Sven Teske, diretor da campanha pela energia renovável do Greenpeace,  declarou nesta sexta-feira (27/03) que uma nuvem se movendo sobre uma cidade, por exemplo, poderia reduzir a produção de energia solar em alguns lugares da rede enquanto aumenta em outros lugares. Isso exigiria um software para gerenciar a distribuição equilibrada, disse.

A restruturação global do setor de eletricidade exigirá um investimento de 14,7 trilhões de dólares até 2030, de acordo com a instituição. Teske não deu uma estimativa de quanto desse número pode ser investido em softwares.

A instituição aponta que, além de fornecer os sistemas para as redes elétricas, as companhias de TI podem também ajudar o ambiente ao desenvolver equipamentos com maior eficiência de energia.

Teske afirma que, em países industrializados, a única razão pela qual a demanda por eletricidade ainda aumenta é por causa da necessidade de rodar a infraestrutura de TI, como servidores. "Gostaríamos de ter as empresas de TI como aliadas", completou Teske.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail