Home > Notícias

Para TIM, modem inviabiliza banda larga popular em redes móveis

Diretor da empresa diz que preço do equipameto e imposto comprometem lançamento de ofertas do tipo pelas operadoras móveis.

Fabiana Monte, da Computerworld

30/10/2009 às 17h03

Foto:

Oferecer um plano de banda larga popular que inclua o modem nas condições estabelecidas pelo Governo de São Paulo "praticamente inviabiliza, do ponto de vista econômico", a participação das operadoras móveis, segundo o diretor de marketing da TIM, Rogerio Takayamagi.

Em conferência para a divulgação dos resultados do terceiro trimestre, o executivo defendeu o fim da cobrança do Fistel para viabilizar a oferta de banda larga móvel popular, assim como o presidente da TIM, João Cox.

Takayamagi disse que a TIM tem desenvolvido um portifólio de serviços de banda larga fixa e móvel populares, independente de ações do governo. "Se houvesse um suporte maior do governo a gente poderia acelerar o programa", afirmou.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail