Home > Notícias

Peazip 5 lida com quase qualquer tipo de arquivo compactado

Você não vai achar um utilitário de compressão mais capaz e mais fácil de usar, embora o desempenho ainda possa melhorar em alguns casos.

Jon L. Jacobi, PCWorld EUA

30/07/2013 às 18h02

PeaZip_Abre-435px.jpg
Foto:

O Peazip é um dos mais versáteis utilitários para compressão de arquivos, talvez o mais versátil, e é gratuito. Também é bastante fácil de usar e traz os mesmos recursos encontrados em softwares comerciais como o WinZIP e WinRAR, como integração com menus contextuais, suporte a arquivos protegidos com senhas, operação através da linha de comando e mais.

O programa suporta todos os formatos de arquivos compactados que conheço, como 7Zip, ARC, GZ, TAR, ACE, RAR e mais. Também há suporte a imagens de disco nos formatos ISO e UDF e também a “pacotes” de software do mundo Linux em formatos como o DEB, RPM, PET/PUP e SLP. É possível até mesmo abrir imagens de discos HFS no formato DMG, usadas para distribuição de software para Macs. Há muito mais, mas o ponto é que quase não há um formato de arquivo compactado com o qual o programa não pode lidar.

peazip_filetypes-500px.jpg
Janela de associação de arquivos mostra os vários tipos suportados

Sempre apreciei o esforço dos desenvolvedores na criação do programa, que é Software Livre e gratuito, mas ao longo dos anos instalei e desinstalei o Peazip várias vezes por causa de problemas de usabilidade e desempenho. Mas a versão 5 me parece bem mais estável, embora ainda tenha uma tendência a não fechar e reabrir corretamente quando você usa múltiplas instâncias ao mesmo tempo. Além disso a barra de progresso ainda é imprecisa, indicando bem menos progresso do que o real. Por várias vezes ela mostrava que apenas 25% da tarefa havia sido completada, quando na verdade ela já estava sendo concluída.

O Peazip também não gostou do fato de que coloquei minha pasta de Downloads em um local fora do padrão, e reclamou que ela não estava mais acessível. O programa depende de várias bibliotecas gratuitas e Open Source para lidar com os vários tipos de arquivos, e algumas delas são mais rápidas do que as outras. Mas esse é um problema menor: o Peazip é rápido o bastante em qualquer computador moderno.

peazip_geral-600px.jpg
Peazip 5 tem uma interface simples de usar

Uma coisa de que gosto no Peazip é a interface, que é limpa e tem vários pequenos toques interessantes. Por exemplo, ele ignora pastas vazias quando você abre um arquivo compactado. Ou seja, se você tem um arquivo contendo fotos numa estrutura como \Fotos\Ferias 2013\Vovó, e as duas primeiras pastas estão vazias, ele irá levá-lo direto para a pasta Vovó quando o arquivo for aberto, em vez de forçá-lo a descer dois níveis manualmente. Além disso quando você pede para visualizar um item dentro do arquivo compactado ele fica aberto até você fechar o programa, o que pode ser útil quando você quer comparar vários itens (como imagens) sem descompactar todos eles.

Há vários outros utilitários para lidar com arquivos compactados, de softwares comerciais como os já citados WinZIP e WinRAR e alternativas gratuitas populares como o 7Zip, mas o Peazip se compara favoravelmente a todos eles. Gostaria que fosse um pouco mais rápido, mas em uma máquina moderna isso não é mais tão importante quanto era antes. Estou gostando tanto dele que talvez não o remova mais de meu PC.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail