Home > Notícias

Pesquisa: Android e iOS crescem nas empresas

Organizações aumentam os investimentos em aparelhos com a plataforma mobile Android e no iPhone; quem sai perdendo é o BlackBerry

Network World/EUA

23/09/2010 às 10h04

Foto:

Em uma pesquisa realizada pela ChangeWay, com 1.600 departamentos
de compras de empresas ligadas ao setor de TI, sobre que sistema estão usando para
plataformas móveis, a RIM (BlackBerry) continuou com a liderança.

Mas esse   último levantamento (agosto) apontou que a participação no setor caiu 3 %, de 66% para 63%. No
vácuo dessa tendência, os aparelhos Android avançaram dos 10 pontos percentuais
registrados há dois meses, para casa dos 16%, lembrando que em novembro de
2009, o Android ocupava apenas 3% das intenções de escolha por
plataformas móveis.

 

Marcas

Entre as empresas que colhem os frutos dessa crescente predileção
por sistemas Android, estão a HTC e a Motorola. Ambas vem experimentando um
aumento na demanda desde maio de 2010. Se, em maio deste ano, 10% das pessoas
entrevistadas falavam em comprar aparelhos da HTC (como o EVO 4G e o Droid
Incredible), em agosto, 16% apontaram a marca taiwanesa como fornecedora de seu próximo aparelho nos próximos
três meses.

Os últimos números apresentados pela ComScore demonstram o
Android ultrapassando as intenções de compra se comparado ao Windows Mobile no
mercado dos EUA e assumindo o terceiro lugar. Paralelamente, uma pesquisa da Gardner apontou que o Android está perto de chegar ao segundo
lugar no ranking de plataformas móveis e
irá bater o iPhone e o  BlackBerry, ficando atrás apenas do líder Symbian, da
Nokia.

Sobe e desce

Voltando à pesquisa inicial. O iOS, da Apple, cresceu 1%, indo de 30% para 31%; ao passo que o Windows Mobile, a ser substituído pela Windows Phone 7, caiu de 10 para 9 pontos percentuais.

Pesquisador sênior da Forrester, Andrew Jaquith, afirmou em
uma recente entrevista com a Network World, acreditar que a ascensão do Android
dentro das empresas se dê de baixo para cima, diferente do que ocorreu com o iPhone, trazido para dentro do universo corporativo pelos executivos. Resta saber se o Android trará as configurações de segurança exigidas
pelas empresas. Em parte, esses aplicativos mais seguros surgem na medida que
cresce a demanda por conexões robustas usando essa plataforma.

Em números gerais, 35% dos entrevistados afirmaram planejar
a compra de algum smartphone nos próximos três meses, 1% a menos que em maio.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail