Home > Notícias

Pesquisa diz que 84% dos projetos de migração de dados falham

Estudo da Bloor Research, encomendada pela Informatica Corporation, aponta que isso acontece apesar de investimentos ultrapassarem 5 bilhões de dólares em 2007

Por Redação do COMPUTERWORLD

24/01/2008 às 13h52

Foto:

Os orçamentos de projetos de migração de dados em 2007 ultrapassaram 5 bilhões de dólares e deverão chegar a 8 bilhões de dólares em 2012. Apesar disso, pesquisa da Bloor Research, encomendada pela Informatica Corporation, diz que 64% desses projetos não são entregues no prazo e 37% excedem o orçamento e incrementam os gastos em 30%.

Leia mais:

De acordo com o estudo, o excesso de tempo e de custo pode ser reduzido ou até mesmo eliminado, a partir de ações preventivas e disciplinas apropriadas, incluindo governança de dados, programas contínuos de qualidade de dados, metodologias com foco em migração e o uso de técnicas avançadas para limpeza e análise de dados.

Durante a pesquisa, foram entrevistadas mais de 700 empresas, as quais possuem projetos de migração de dados com orçamento igual ou superior a 1 milhão de dólares.

O estudo apurou que somente 16% delas fizeram parte do estudo e tiveram o chamado “êxito desqualificado”, por exemplo, por não apresentarem excesso de tempo ou de custo.

Nos casos em que houve excesso de tempo, a pesquisa diz que a média excedida foi de 40% do tempo total estimado. O fato é atribuído, em parte, ao escopo inadequado do projeto. Em média, 30% do excesso de custo indica gastos orçamentários não planejados.

Apenas 10% das empresas entrevistadas utilizaram ferramentas para melhor entendimento dos dados e suas fontes, expondo-se a "problemas inesperados" e à incapacidade para estabelecer prazos e orçamentos realistas.

A codificação manual ainda é a "ferramenta" que prevalece nos projetos de migração de dados e que, comprovadamente, é inadequada e está sujeita a erros.

Para evitar esse tipo de situação, a responsável pelo estudo indica que se deve programar a administração de dados por toda a empresa, para que a localização, a natureza e as condições dos dados sejam devidamente compreendidas. Além disso, a dica é implementar iniciativas de qualidade de dados, de modo que eles sejam mantidos em um alto nível de prontidão para migração.

O estudo também apresenta a primeira estimativa  abrangente do potencial de mercado de migração de dados. Os Estados Unidos são, atualmente, os líderes no investimento em atividades de migração de dados e continuarão sendo por todo o período de projeção, seguidos pelo Japão.

A implementação de aplicações é responsável por 54% das atividades de migração de dados, seguida pela consolidação de aplicações (20%) e de upgrade  de aplicações (13%).

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail