Home > Notícias

Pesquisa mostra que smartphone já chegou às massas no Brasil

Segundo estudo feito por W/McCann e Grupo .Mobi, aparelho é usado por 30,3% dos internautas; metade foi comprada há seis meses ou menos.

Redação do IDG Now!

01/08/2011 às 12h04

Foto:

Utilizado por quase um terço dos internautas brasileiros, o
smartphone já atingiu a massa e sua adoção deverá ser ainda mais acelerada nos
próximos meses, conclui um estudo realizado pela W/McCann e Grupo .Mobi a
partir de pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos Mediact.

Os 30,3% de internautas que disseram ter um smartphone indicariam
a existência de 19 milhões de smartphones no Brasil, avaliam as empresas no relatório "Consumidor Móvel 2011" divulgado
na semana passada. O uso de smartphone é maior entre os que trabalham e estudam, com penetração de
35,2%. Entre os que apenas trabalham, a penetração é de 33,8% e entre os que
apenas estudam, 24,2%.

Dos donos de smartphone, metade comprou seu aparelho há seis
meses ou menos e 31,5% pretendem trocá-lo nos próximos seis meses. Entre os que
têm aparelhos convencionais, o índice dos que pretendem trocá-lo nos próximos
seis meses também é alto: 44,4%. Além disso, 66% dos entrevistados afirmaram
pretender comprar um tablet.

Entre as classes sociais, 49,7% dos pertencentes à classe A
disseram ter um smartphone. Na classe B esse número foi de 33,5% e na C, de 19%.
Já na distribuição por idade, os smartphones estão mais presentes entre os
usuários de 25 a 34 anos (34,6%) e entre 35 a 44 anos (33,2%). A pesquisa
ressalta ainda que o smartphone está presente em todas as faixas etárias. Mesmo na categoria de menor penetração - entre 55 e 59 anos -, um em cada cinco pessoas (21,1%) afirmou ter um smartphone.

Internet móvel
O estudo revelou ainda que 40,8% dos entrevistados acessam a
Internet pelo celular. Essa atividade é mais popular entre os que têm entre 25
e 34 anos (49%).

As redes sociais, por sua vez, são acessadas por 33,9% dos pesquisados.
O Orkut é mais acessado pela classe C (56,4% do total de acessos ao site vêm
desta classe), enquanto o Facebook é mais acessado pela classe A (59,6% das
pessoas que acessam o site). O Twitter, por sua vez, tem uma distribuição mais
regular entre as classes (38,6% vêm da A, 38,4% da B e 31,3%, da C).

Em relação a marcas, a maioria dos entrevistados (35%)
disse utilizar aparelhos Nokia. A marca Samsung aparece em segundo lugar, com 17,8%,
seguida da LG (13%) e da Apple (10,9%). No entanto, quando perguntados se acessavam
a Internet pelo celular, os usuários da Apple lideraram (97,4%), seguidos pelos
da LG (89,4%) e da Nokia (88,5%).

Os usuários da Apple também são os que acessam a Internet
com mais frequência (75,55% acessam diariamente) e os que mais utilizaram o
celular para comprar em sites de comércio eletrônico (62,6%).

Para elaboração do estudo foram feitas mil entrevistas com
homens e mulheres entre 14 e 59 anos das classes A, B e C, todos donos de
celular, em sete centros urbanos do Brasil (Rio de Janeiro, São Paulo, Belo
Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Salvador, Curitiba, Fortaleza, Recife e
Manaus).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail