Home > Notícias

Pesquisador diz que IE8 Beta 2 é o pior browser no usa da memória

Testes da Devil Mountain apontam que o novo navegador exige 380MB do sistema, contra 250MB do IE7 e 159MB do Firefox.

Computerworld/EUA

02/09/2008 às 9h11

Foto:

A versão mais recente do Internet Explorer 8 exige mais que o dobro de memória do sistema que seu rival, o Firefox, e ativa quase seis vezes mais tarefas para o processador do micro, afirmou a consultoria Devil Mountain Software nesta terça-feira (02/09).

> Google entra no mercado de browsers com o Chrome 
> Chrome: o que esperar do novo browser
> Galeria: veja as primeiras telas do Chrome, o navegador do Google

O IE8 beta 2 também consome 52% mais memória que seu antecessor, o IE7, e usa quase três vezes mais tarefas, afirmou Craig Barth, chief technology officer da consultoria.

Barth comparou o IE8 beta 2, o IE7 e o Firefox 3.0.1 em 10 diferentes cenários que envolvem domínios com conteúdo multimídia . Cada site foi aberto no navegador em diferentes abas, com links nestas páginas abertos em outras abas.

No final do teste, o IE8 beta 2 havia reservado 380 MB de memória em um sistema de 2 GB rodando Windows Vista, enquanto o IE7 pediu 250 MB e o Firefox 3.0.1, versão mais recente do navegador aberto, exigia 159 MB.

Com o mesmo teste rodando no Windows XP, os navegadores consumiram menos memória. Ainda assim, o IE8 continuou a liderar com folgas a competição.

"Quando o Windows XP é iniciado, todo o sistema pede até 150 MB. De repente, você vê o registro de memória do IE8 e percebe que ele é maior que o sistema operacional da Microsoft. O IE8 é mais gordo que  XP".

Quando Barth contabilizou as tarefas do processador exigidas por cada browser, descobriu que o IE8 beta 2 usava nada menos que 171 delas, enquanto o IE7 dificilmente passa da marca de 65, segundo ele. Em seus testes, o Firefox não ultrapassou as 29 tarefas.

O consultor atribuiu as exigências menores de consumo de CPU pelo Firefox a "um sistema de renderização mais eficiente" que emprega menos tarefas mas força agressivamente o processador para ganhar performance.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail