Home > Notícias

Pesquisadores criam processador adesivo que gruda na pele

Engenheiros da Universidade de Illinois, nos EUA, apresentaram tecido eletrônico que dobra, estica e enruga como a pele humana.

PC World/EUA

17/08/2011 às 16h23

Foto:

Chips eletrônicos aplicados diretamente no seu corpo estão mais próximos do que você pensa. Engenheiros da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, inventaram um adesivo eletrônico que é ultrafino e enruga como a pele humana.

John A. Rogers, professor de engenharia na instituição de ensino, liderou uma pesquisa inovadora sobre circuitos montados sobre a pele. Esse tecido é um conjunto de chips feito de sensores, LEDs, transistores, capacitores variáveis em radiofrequência, antenas wireless, bobinas condutoras e células de força. Tudo isso é colocado em um fino substrato de borracha que pode ser dobrado, esticado e que enruga como a pele.

chip-pele-illinois-300

Aplicar esse adesivo é como esfregá-lo em uma tatuagem temporária, já que o dispositivo é transferido a partir de um pedaço de plástico solúvel, que é colocado sobre a pele. Ele pode, inclusive, ser aplicado em conjunto com uma tatuagem temporária para esconder a parte eletrônica.

Até agora, os cientistas testaram o aparato apenas para fins médicos, incluindos testes de eletroencefalograma e eletromiograma, para monitorar a atividade neural e muscular de pacientes. A maior vantagem desses adesivos tecnológicos parecidos com a pele humana é que eles podem ser utilizados em qualquer lugar do corpo, diferentemente dos sensores atuais, que requerem gel condutor, fitas adesivas, pinos que penetram na pele e fios constrangedores. 

Os pesquisadores também descobriram que o sensor é capaz de distinguir os movimentos musculares distintos durante uma conversa normal, quando são aplicados na garganta de uma pessoa. Os estudiosos também utilizaram o adesivo para controlar um videogame e interagir com um computador - logo, existe potencial de que essa tecnologia possa ser o futuro da interface entra homem e computador.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail